(Fonte da imagem: Slap Upside The Head)

A BioWare finalmente vai habilitar os relacionamentos entre personagens de mesmo sexo em Star Wars: The Old Republic. A novidade esperada por muita gente, porém, veio com um sabor amargo. A expansão Rise of the Hutt Cartel, paga e com lançamento previsto para o segundo trimestre, é obrigatória para quem quiser usufruir da novidade, que estará restrita apenas a um único planeta.

Em Makeb, uma “paisagem alienígena vibrante”, poderão entrar apenas personagens de nível alto, com opções de diálogo e ações homossexuais disponíveis apenas ali. De acordo com a empresa, a restrição tem a ver com o fato de todos os personagens do MMO serem dublados, o que exigiria um grande trabalho adicional para tornar a opção disponível em todo o universo. O que levou os jogadores a questionarem: porque isso não estava presente desde o início?

“Gueto gay”

A notícia não caiu bem junto à comunidade de fãs, que começou a acusar a BioWare de homofobia. A reação negativa veio até mesmo daqueles que eram contra a inclusão, uma parcela do público que acusa a desenvolvedora – juntamente com a distribuidora Electronic Arts – de estar se aproveitando de um desejo de parte dos fãs para lucrar com a compra de DLCs.

Em comunicado, a desenvolvedora pediu calma a todos os jogadores de Star Wars: The Old Republic e diz estar disposta a buscar novas opções de relacionamento entre personagens de mesmo sexo no futuro.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: