Ampliar (Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Depois de um período desaparecido, eis que o filme de God of War finalmente volta a virar notícia. E enquanto nenhuma novidade sobre o seu elenco é revelada, os roteiristas do longa-metragem trazem as primeiras pistas do que os fãs do Fantasma Espartano vão ver nos cinemas.

Em entrevista ao site Shock Till You Drop, a dupla Marcus Dunstan e Patrick Melton trouxe alguns detalhes sobre o desenvolvimento da história, mesmo sem fazer nenhuma grande revelação. Segundo eles, o longa-metragem será diferente de outros filmes que trabalham a mesma temática mitológica, como os recentes — e medianos — “Fúria de Titãs” e “Imortais”.

Eles explicam que essas produções permitem que a criação da saga de Kratos nas telonas seja um pouco mais ousada e dizem que elas servem como material de referência para seguir por um caminho diferente. Levando em consideração as críticas negativas que os filmes tiveram, se distanciar deles parece mesmo a melhor solução.

O que veremos?

Além disso, Dunstan e Melton contam que o filme de God of War terá um apelo muito mais na origem da história. No entanto, de acordo com os roteiristas, isso não significa que a Sony trata a trama do jogo como "algo sagrado" e imutável, ou seja, podemos esperar algumas alterações.

A dupla conta que o estúdio está bem envolvido com o projeto, tanto que deu liberdade criativa para que eles pudessem fazer algumas mudanças. Segundo eles, a empresa está encorajando algumas mudanças drásticas na trama para que ela não traga o mínimo de semelhança possível com “Fúria de Titãs” e “Imortais”.

Cupons de desconto TecMundo: