(Fonte da imagem: Reprodução/Blizzard)

Que Diablo III foi um sucesso de vendas, isso ninguém duvida. No entanto, a tão aguardada sequência não agradou a todo mundo, dando início a uma série de críticas ao trabalho da Blizzard. No entanto, o que acontece quando o diretor de Diablo 2 decide entrar na brincadeira e dar sua opinião sobre o game?

Em entrevista ao site IncGamers, David Brevik falou que a equipe de produção do título fez muita coisa com o melhor que possuíam, embora de maneira muito diferente do que ele próprio faria caso estivesse à frente do projeto. Segundo ele, essa diferença se dá pelo simples fato de os profissionais envolvidos no desenvolvimento do jogo terem outro tipo de estilo e personalidade.

No entanto, a crítica — que nem foi tão ácida assim — não foi bem aceita pelas mentes por trás de Diablo III. Os produtores do jogo logo começaram a compartilhar a entrevista de Brevik via redes sociais e a tecer seus comentários sobre as declarações. O artista técnico Chris Haga, por exemplo, se mostrou bastante decepcionado, enquanto outros deixavam clara sua irritação com tudo isso.

No entanto, quem não gostou nada da polêmica foi o diretor do game, Jay Wilson. Em uma das respostas ao tópico, ele foi simples e direto: “Dane-se aquele perdedor” — na verdade, ele foi ainda mais duro, mas vamos manter a decência por aqui. É claro que a publicação foi logo retirada do ar, mas não sem antes se espalhar por toda a internet.

Fonte: IncGamers, VG24/7, GameSpy

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: