No começo do mês, um projeto chamado Ouya foi anunciado e ontem ele começou a arrecadar fundos no Kickstarter. Com a proposta inovadora de colocar Android em um console e cobrar apenas 99 dólares por ele, os criadores ainda afirmam que ele é perfeito para quem quer aprender a desenvolver jogos.

Levando o projeto ao Kickstarter, o objetivo inicial era de conseguir 950 mil dólares. Mas a proposta animou tanto os usuários que o valor já chegou aos 4 milhões de dólares. O problema é que nem todo mundo está animado com a história.

Será que o preço será mantido?

O projeto levantou algumas suspeitas de outros desenvolvedores, como é o caso de Craig Rothwell, o criador da plataforma Pandora (portátil e open source). Para ele, é impossível que o aparelho custe apenas 99 dólares, visto que esse valor seria inviável até mesmo em um regime de trabalho chinês (no qual a mão de obra é muito mais barata).

(Fonte da imagem: Reprodução/Kickstarter)

Para que os consoles possam ser vendidos por apenas 99 dólares, é quase certo que os responsáveis pelo projeto terão perdas em cada uma das unidades – o mesmo que acontece com o Kindle da Amazon, mas sem o embasamento de uma empresa de grande porte e muito dinheiro.

Outro ponto levantado é relacionado aos desenvolvedores de games. O Ouya irá cobrar 30% de cada um deles para que os jogos possam passar os títulos para a nova plataforma. Rothwell lembra que poucos vão topar o desafio, pois já têm públicos muito maiores nos sistemas iOS e Android.

Fonte: Slash Gear

Cupons de desconto TecMundo: