A pornografia e os jogos de video game estão matando a juventude dos EUA. A afirmação é de Phillip Zambardo, pesquisador aposentado da Universidade de Stanford, e consta em seu mais novo livro intitulado “The Demise of Guys: why boys are struggling and what we can do about it” (em tradução livre, “A Morte dos Caras: por que meninos estão em conflito e o que podemos fazer sobre isso”).

Da mesma forma que usuários de drogas e alcoólatras anseiam cada vez mais pelo seu vício, os viciados em novidades buscam novas experiências a qualquer custo. Dessa forma, eles se tornam incapazes de lidar com as realidades da vida, incluindo as relações pessoais, os estudos e o trabalho.

O livro utiliza ainda como exemplos alguns momentos extremos para ressaltar a sua tese, como o caso do jogador de Starcraft que morreu após 50 horas seguidas de jogo e a recente chacina ocorrida na Noruega, que revelou que o assassino era jogador compulsivo de World of Warcraft e Call of Duty.

Fonte: Games Industry

Cupons de desconto TecMundo: