(Fonte da imagem: Divulgação/BioWare)

Muitos dos gamers que se aventuraram nas crónicas de Shepard em Mass Effect se decepcionaram com as profundas mudanças de Mass Effect 2, que perdeu boa parte das características que faziam do jogo um RPG profundo e completo. Agora, uma entrevista com Mike Gamble, produtor associado da franquia, revelou que a próxima sequência poderá agradar a gregos e troianos.

Falando ao site VG247, Gamble revelou que uma das primeiras escolhas que os gamers vão precisar fazer depois de dar um “New Game” em Mass Effect 3 é sobre o tipo de experiência que se encaixa mais em seu perfil, podendo ser Action, RPG ou Story. RPG deve incluir todos os aspectos do jogo de volta, incluindo as opções de gerenciamento de itens, atributos de personagens e interações nos diálogos.

(Fonte da imagem: Divulgação/BioWare)

Action é para aqueles que acham que Shepard deveria deixar a diplomacia de lado e usar mais a sua arma. Os diálogos deixam de ser interativos e fluem como se fossem cutscenes, com as escolhas sempre focadas em mandar você de volta para a batalha o mais rápido possível. Já a opção Story faz com que as lutas fiquem mais fáceis, relevando mais os outros aspectos do jogo.

Mike disse que a presença da escolha e o retorno do “jeitão” clássico do primeiro Mass Effect são necessários para que tanto aqueles que não conhecem a história desde o começo quanto os veteranos da série possam se identificar com o game. O lançamento do próximo capítulo de Mass Effect está programado para o dia seis de março.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: