Xbox 720 ou PlayStation 4? Não importa qual é a sua preferência, a próxima geração de consoles promete ser arrasadora, ainda que não se saiba ao certo quando ela chegará ao mercado. Experiências revolucionárias realizadas nos últimos anos, em especial as de realidade aumentada e hacks do Kinect, prenunciam que o futuro dos video games é bastante promissor.

O Tecmundo listou algumas das novidades que estão sendo testadas por aí e podem ser as próximas atrações diretamente em um console na sua sala de estar. Será que nos anos que virão estaremos diante de uma maneira completamente diferente de interagir com os jogos?

Realidade aumentada

Entre todas as tecnologias que podem ser incorporadas nos novos consoles, a realidade aumentada é uma das mais promissoras. As primeiras experiências no Nintendo 3DS e nos smartphones mostram que há bastante potencial a ser explorado, já que o número de aplicativos do gênero tem crescido consideravelmente.

O portátil da Nintendo saiu na frente e os primeiros games, embora simples, trazem novidades a ponto de fazer com que você possa interagir também com o ambiente. Um vídeo lançado pela SNK mostra como os desenvolvedores estão trabalhando para utilizar essa tecnologia em favor dos jogos.

A versão de Metal Slug em realidade aumentada, prevista para o Wii U, mostra o usuário interagindo com o ambiente, transformando o cesto de lixo e um canto da casa em um cenário divertido para um dos games de plataforma mais conhecidos das primeiras gerações de consoles.

Computação nas nuvens

A computação nas nuvens nunca esteve tão em alta. Serviços como o OnLive, por exemplo, já disponibilizam jogos inteiros online, fazendo com que o jogador não precise ter um PC com a melhor configuração possível para rodar com tranquilidade os últimos lançamentos em games.

Assim como a Apple investe no recém-lançado iCloud, a Microsoft já anunciou na metade deste ano que planeja um sistema de salvamento nas nuvens para a Xbox LIVE. Para o mundo dos gamers, a novidade representa, além das possibilidades de salvar jogos online e acessá-los a partir de qualquer outro console, a oportunidade de contar com títulos inteiros nesse formato.

Para 2012, por exemplo, a Microsoft já anunciou que o Windows 8 ganhará suporte para os jogos de Kinect. Assim, é possível que no futuro o jogador possa, a partir de qualquer computador, continuar suas partidas iniciadas diante da TV e que antes requeriam a dupla Xbox 360 e Kinect em ação.

HoloDesk

Ainda em fase experimental, o HoloDesk é uma das tecnologias indicadas como possível integrante do ainda incerto PlayStation 4. Trata-se de uma técnica que permitirá ao jogador interagir com objetos tridimensionais sem a necessidade de usar um controle.

Reconhecendo os movimentos da mão do controlador, torna-se possível manusear objetos virtuais de maneira livre e em tempo real. Além disso, outros itens também podem ser adicionados à cúpula que faz a função de campo de visão do jogador, permitindo a união do virtual com o real de uma forma não explorada até hoje e que pode abrir inúmeras oportunidades de diversão.

Eletricidade sem fio

Outra tecnologia bastante inovadora que pode pintar em um novo console é a eletricidade sem fio. Pode parecer coisa de ficção científica, mas este tipo de energia já existe e pode ser agregado nos video games dos próximos anos. Com ela, será possível recarregar periféricos e gadgets apenas aproximando-os de uma base central, no caso, o console.

Embora uma tecnologia como essa não altere diretamente a jogabilidade, a possibilidade de colocar novamente um console no centro da sala como a principal fonte de entretenimento amplia a importância dos video games no cotidiano das pessoas.

O PlayStation 3, por exemplo, se firmou no mercado não só como console, mas também como o principal player de Blu-ray existente. Já video games como Nintendo Wii e Xbox 360 com Kinect têm como mérito reunir amigos e até mesmo a família no centro da sala, sendo uma forma de diversão capaz de agradar a todas as idades.

Projetores holográficos