(Fonte da imagem: Divulgação/Electronic Arts)

Recentemente, um grupo de analistas lançou comentários a respeito da tão comentada guerra entre as franquias Call of Duty: Modern Warfare 3 e Battlefield 3, que são consideradas como os grandes títulos do gênero FPS deste final de ano.

Em entrevista ao site IGN, John Taylor, da Arcadia Research, comentou que os dois títulos “sugarão todo o ar da sala, exceto para Batman, Skyrim e talvez Asassin’s Creed: Revelations”. Taylor também comenta que, no mesmo período do ano passado, os vendedores ofereciam cerca de 160 propriedades (títulos) diferentes, enquanto, neste ano, temos apenas aproximadamente 90, mostrando a cautela e a confiança nos gigantes que estão chegando.

Já Ted Pollak, da Jon Peddie Research, acredita que a guerra será um benefício para os hardwares. Para ele, MW3 e BF3 ajudarão imensamente nas vendas do Xbox 360 e PlayStation 3. Pollak destaca, ainda, um evento raro no mundo dos games, desta vez causado por BF3: o aumento nas vendas do PC. Pollak acredita que o lançamento de BF3 terá um impacto enorme na indústria do PC, já que boa parte dos fãs da franquia estão nesta plataforma.

Por fim, Michael Pachter, da Wedbush morgan, comentou que a guerra não deve ser tão quente assim, já que 80% dos jogadores de Call of Duty gostam do jogo só por causa do modo multiplayer. Para ele, apenas 20% desse público prefere o single player, que o analista acredita ser um dos pontos fortes do BF3, e então a guerra não deve afetar CoD de maneira significativa.

Battlefield 3 chega às lojas no dia 25 deste mês, enquanto Modern Warfare 3 aterrissa em novembro. Confira o que o BaixakiJogos levantou sobre esta batalha.

Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: