Como seriam as possíveis continuações de nossas franquias favoritas?

5 min de leitura
Imagem de: Como seriam as possíveis continuações de nossas franquias favoritas?
Avatar do autor

Ah, as franquias. Assim como no cinema, os video games possuem séries cujos lançamentos são aguardados pelos fãs como um acontecimento sagrado. Não é para menos, uma vez que as seus enredos, juntamente com os seus modos de jogo, são muito bem trabalhados pelas produtoras responsáveis.

Como hoje a espera por uma sequência já se inicia segundos após o lançamento da última edição dessas franquias, o Baixaki Jogos decidiu especular um pouco sobre o futuro de algumas séries que moram em nosso coração.

Desse modo, vasculhamos até o fundo do baú para ir atrás de notícias, entrevistas ou até mesmo pequenas declarações que dessem alguma pista sobre os rumos de nossos heróis favoritos e tentar amenizar um pouco a espera pelo que está por vir. Aproveite!

Como comentamos sobre o enredo das franquias, esteja ciente de que a leitura deste artigo apresenta spoilers. Caso deseje evitá-los, não leia.

A dupla GoW - Ainda vamos ouvir sobre o Deus da Guerra.

O estúdio de Santa Monica da Sony afirmou logo após o lançamento de God of War 3 que, enquanto o game retrata o final da história de Kratos, ele certamente não marca o final da franquia. Na mesma época, o produtor da série, Steve Caterson, também deixou claro que pretende fazer mais jogos com a marca God of War, mas que no momento não fazia, em suas palavras, a mínima ideia de como essa sequência seria.

Enquanto informações oficiais não aparecem, é possível especular sobre as pontas soltas deixadas pela coleção de games. Apenas God of War Collection, por exemplo, já oferece material suficiente para que a especulação tenha início.

Entre outras adições, a coletânea recebeu também troféus. O primeiro game da série, por exemplo, recebeu um valorizado troféu de prata chamado “The Legend of Twins”, concedido àqueles que assistem ao vídeo ”Birth of the Beast”, disponível logo após a conclusão do jogo em qualquer dificuldade (e que pode ser visualizado logo acima).

(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)O pequeno clipe conta as origens de Kratos, que desde criança já demonstrava ser um valoroso guerreiro. Seu irmão, contudo, não possuía a mesma resistência física e acabou sendo eliminado pelo regime de Esparta, segundo o qual apenas os fortes deveriam sobreviver. Desse modo, enquanto Kratos conquistava a glória com suas vitórias, o seu irmão jurava vingança no inferno de Hades.

Quem sabe o tão esperado God of War 4 não conta a história de como o Bom de Guerra resolveu as pendências com seu irmão ao mesmo tempo em que introduz um modo multiplayer, como indicam alguns rumores?

Mesmo sem Fenix, o univérso permanece.

Com uma declaração semelhante à realizada pelo estúdio de Santa Monica, o produtor Cliff Bleszinski, da série Gears of War, afirmou que o terceiro game da franquia marca o fim do ciclo da história de Marcus Fenix.

O produtor, cujo tino comercial é um dos mais apurados da indústria, não nega a possibilidade de possíveis extensões do universo criado por ele. “Se os dois primeiros games venderam 6 milhões de cópias cada um e o terceiro repetir o sucesso, é claro que vamos continuar. Isso é algo básico”, explica.

(Fonte da imagem: Divulgação/Epic Games)

O grande problema de uma decisão desse tipo, contudo, seria a manutenção da história. Uma sequência não pode utilizar qualquer desculpa na tentativa de continuar lucrando ou ela pode marcar o fim de uma era de ouro.

Felizmente, para todos os fãs de Gears, Bleszinski sabe muito bem disso e não deseja se arriscar às cegas. “Eu consigo ver 8 bilhões de formas de explorar a série. Pode ser com um FPS ou um game de estratégia, ou posso utilizar o estilo de Peter Jackson e fazer uma prequel depois de consolidar a trilogia principal. Mas se fizermos algo, será algo novo para nós e para os fãs”, esclarece o produtor.

(Fonte da imagem: Divulgação/Epic Games)Atualmente, a Epic Games está trabalhando em cinco projetos diferentes para plataformas distintas, algo que pode atrasar a vinda de um novo episódio de Gears of War. Quando, e se, esse novo game for lançado, é possível saber que Marcus Fenix não estará presente. Uma ausência que pode ser muito saudável para a trama geral.

Sucesso multiplataforma. O que será de nós sem Ezio?

Grandes histórias chegam ao fim. E assim como os ciclos de Kratos e de Marcus Fenix, o do assassino Ezio Auditore da Firenze também irá terminar com o vindouro Assassin’s Creed: Revelations, previsto para o mês de novembro.

Ainda assim, Revelations ainda não é o último episódio de Desmond, o descendente de Altaïr e de Ezio que vive nos anos 2000, onde recupera a memória de seus ancestrais por meio das máquinas Animus.

(Fonte da imagem: Divulgação/Ubisoft)

Desse modo, mesmo antes do lançamento de Revelations, a especulação em cima da franquia é grande. Em uma tentativa de esclarecer detalhes a respeito do futuro da série, o roteirista Darby McDevitt e o designer de níveis Falco Poiker concederam uma entrevista ao site internacional Videogamer onde algumas pistas são reveladas.

De acordo com McDevitt, qualquer período da história moderna é possível de ser representado, uma vez, é claro, que haja uma explicação plausível dentro da trama para que ele seja explorado.

(Fonte da imagem: Divulgação/Ubisoft)Além disso, Desmond também possui mulheres assassinas entre os seus antepassados. Enquanto isso pode parecer estranho para o personagem, é perfeitamente possível assumir o papel de uma delas (e considerando que a cortesã é uma das personagens mais populares do multiplayer, a companhia talvez possa apostar nisso).

De qualquer modo, independentemente da escolha do personagem e do período histórico em que Assassin’s Creed III irá se passar, a Ubisoft deve lembrar que boa parte do sucesso da saga de Ezio se deve à força do personagem e a uma história consistente.

Vamos, produtoras! Queremos continuações!

Ao mesmo tempo em que algumas franquias já têm continuações certas, como é o caso de Assassin’s Creed, há casos de histórias adoradas pelo público e que poderiam render continuações, mas há tempos não dão as caras. É o caso de Half-Life, Crash Bandicoot e Dino Crisis, apenas para citar algumas delas.

E você, leitor? Consegue se lembrar de alguma franquia que foi interrompida por um motivo ou outro e deveria continuar? E como deveria ser essas sequências? Não deixe de opinar nos comentários!

Via Baixaki Jogos

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Como seriam as possíveis continuações de nossas franquias favoritas?