Pro Evolution soccer (Fonte da imagem: Konami/ Divulgação)

Recentemente, a Konami comentou sobre as decisões da Electronic Arts em criar um serviço pago para a série FIFA — conhecido como Season Ticket — e também declarou que pretende introduzir microtransações aos futuros jogos da série Pro Evolution Soccer. Mas, segundo a companhia, “o objetivo não é tentar tirar até o último centavo do bolso dos jogadores”.

Em entrevista ao site Eurogamer, Seabass, produtor da série PES, disse que entende que existem motivos para criar um programa semelhante ao que foi feito pela EA, mas afirma que a Konami ainda não tem planos concretos para algo do tipo no momento.

Já Jon Murphy, líder da divisão europeia da série PES, acredita que é necessário criar um jogo de qualidade e que não exija que os jogadores comprem partes extras. Murphy acredita que, em algum momento, a companhia irá introduzir microtransações a certos elementos do game, mas quer ter certeza de que PES não seja um produto abusivo.

Pro Evolution Soccer 2012, o mais recente título da série, trará, entre as suas novidades, integração com o Facebook e um novo modo chamado Club Boss, no qual o jogador entra na pele do chefe de um clube. Na rede social, os jogadores poderão competir com outros usuários, criar grupos e ligas privadas e conferir o desempenho dos outros jogadores. “Tudo isso sem qualquer custo extra”, comenta Murphy.

Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: