Os organizadores de uma festa voltada para o público entusiasta de jogos no estilo First Person Shooter (Tiro em Primeira Pessoa, em português) está restringindo o acesso de mulheres ao evento. Segundo o site Kotaku, o motivo para tal imposição é evitar qualquer calúnia contra as jogadoras.

A festa LAN, na qual os participantes se conectam pela rede para jogar e festejar, está sendo promovida para o lançamento do jogo Battlefield 3, o título mais recente da franquia. “Nada consegue estragar tão bem uma festa LAN como convidados inadequados ou muita tensão no ar, ambos resultantes da mistura de jogadores masculinos imaturos e misóginos com suas contrapartes femininas", publicaram os organizadores no fórum do evento.

"Embora tenhamos feitos o nosso melhor para evitar essas situações nos últimos anos, nós certamente já tivemos a nossa quota de problemas. Como resultado, não permitiremos que as mulheres participem desse evento”, complementaram os administradores da festa.

Devido às inúmeras reclamações, o tópico com os trechos transcritos acima foi removido do fórum. Posteriormente, como forma de esclarecimento, foi divulgada a nota:

"Nós desencorajamos os gamers a terem atitudes misóginas como a vista no post Reddit [a publicação com o teor polêmico], e tal comportamento não deve ser tolerado. (...) À medida que o evento prosseguiu, ele ficou destinado para os jogadores do sexo masculino. Além disso, ele foi concebido como um refúgio para ajudar esse contingente masculino a se tornar homens melhores, tanto para si mesmos como para aqueles que nos amam”.

Cupons de desconto TecMundo: