(Fonte da imagem: Divugalção/Crystal Dynamics)Depois da demonstração do novo Tomb Raider na E3 2011, a equipe de desenvolvimento da Crystal Dynamics respondeu algumas perguntas sobre a jogabilidade e os recursos técnicos da produção. De acordo com o Karl Stewart, gerente global de marcas da desenvolvedora, apesar do que foi mostrado na demo, o jogo não é fortemente baseado em ações contextuais (QTE).

Em entrevista para o site Videogamer, Karl Stewart também comentou que o jogo terá uma estrutura “não linear”, haja vista que a mesma missão pode ser realizada de diferentes maneiras. Além disso, o cenário de jogo é extenso e opções de criação e edição de itens deixam a experiência muito mais personalizada.

Outro elemento destacado por Karl Stewart é o ciclo de noite/dia e variações climáticas que afetarão diretamente a jogabilidade. Enquanto isso, o sistema de combate ainda reserva muitos segredos, mas foi adiantado que não se limitará a simples tiroteios.

Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: