Uma semana após a E3 e o impacto de cada anúncio devidamente absorvidos, chegou a hora de avaliar o desempenho de cada estúdio e fabricante a fim de descobrir a resposta da pergunta que não quer calar: quem venceu o evento deste ano?

A começar pelos três momentos mais esperados da feira: a conferência das três gigantes. Vários sites e usuários especularam e deram sua opinião sobre a apresentação dessas empresas, principalmente sobre aquilo que foi divulgado. Para o jornalista Patrick Garratt, do VG247, os shows da Sony, Nintendo e Microsoft deixaram a desejar, mesmo com a chegada de novos consoles.

No caso da criadora do Xbox 360, Garratt acredita que mesmo o peso de Forza 4 e Gears of War 3 não foi o suficiente para colocar a companhia do Windows entre os melhores da semana passada. Segundo ele, são ótimos games, mas que pouco inovam ou surpreendem.

 Ele também critica a suposta expansão do Kinect para o usuário hardcore. De acordo com o jornalista, tudo o que foi mostrado foram recursos dispensáveis e que podem ser utilizados mesmo sem o uso do periférico, como em Mass Effect 3 e no próprio simulador de corridas da Turn 10.

Img_normal

Já para a Sony, Garratt desenha um panorama mais bonito, embora não menos negativo. Ele cita alguns pontos alto, como o anúncio do Vita, mas também aponta falhas, como a repetição de fórmulas já conhecidas – Uncharted 3 e Resistance 3, por exemplo.

 Por fim, ele cita o fracasso da Nintendo ao anunciar o Wii U. Segundo ele, o que deveria ser a introdução de uma nova geração falha no momento em que a empresa foca mais no controle do que no próprio sistema – o que cofundiu muita gente durante a apresentação.

Img_normal

A E3 em que os estúdios levaram a melhor

Se as três grandes companhias não conseguiram surpreender o público como se esperava, Garratt aponta as grandes vencedoras da E3 deste ano: os estúdios. Segundo ele, as novidades apresentadas pelas desenvolvedoras foram muito mais interessantes, seja pela demonstração de um título inédito ou por um anúncio de peso.

Para ilustrar, o jornalista cita quatro exemplos: Ubisoft (Assassins Creed: Revelations), Square Enix (Tomb Raider), Electronic Arts (Battlefield 3) e Bethesda (The Elder Scrolls V: Skyrim). Ele também comenta que a maior surpresa do evento foi Far Cry 3, que não era esperado e agradou jogadores do mundo inteiro.

Img_normal


Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: