O modo multiplayer de Gears of War é certamente um dos elementos mais adorados pelos fãs da franquia – afinal, quem não gosta da ideia de partir alguns aliens gigantes ao meio com uma serra elétrica junto de um amigo? Mas acredite: houve um tempo em que isso não era nem mesmo cogitado pela Epic Games.

De acordo com Cliff Bleszinski, em uma entrevista ao site IGN, o modo multiplayer de Gears não estava nos planos iniciais de desenvolvimento do primeiro jogo da série. A opção foi adicionada às pressas apenas no final do projeto, originalmente seguindo um estilo semelhante ao de Counter-Strike, com diversos mapas e um sistema de compra de armas entre rounds. Eventualmente, é claro, chegamos ao modo que vemos atualmente.

Curiosamente, nem a equipe da desenvolvedora ou a Microsoft tinham qualquer esperança de que o game fosse bem-sucedido, principalmente por culpa de seu sistema de cobertura. “Estávamos sob uma enorme pressão por parte da Microsoft para lançar o jogo no final do ano, fazendo demonstrações na E3 e tudo isso, e eles nunca pensaram que um título com gameplay baseado na cobertura pudesse ser tão divertido”, disse Cliff.

Apesar de todas as descrenças, o que importa é que, no fim das contas, Gears of War se mostrou um enorme sucesso, seja em seu modo single ou multiplayer. Torçamos que, mesmo com a franquia fora das mãos da Epic, Gears of War 4 consiga continuar mostrando tudo o que os fãs tanto amam de sua jogatina.

Cupons de desconto TecMundo: