(Fonte da imagem: Baixaki Jogos)

De acordo com o jornal inglês The Guardian, cerca de 300 trabalhadores eram mantidos como escravos na cidade de Jixi, uma cidade da província de Heilongjiang, no nordeste da China. A diferença neste caso é o que o trabalho realizado pelos prisioneiros era o de mineração online.

De acordo com um dos trabalhadores, Liu Dali (cujo nome foi alterado para preservar a sua identidade), as pessoas eram obrigadas a trabalhar em turnos de doze horas e obter uma meta mínima de gold, o dinheiro de World of Warcraft.

Ainda segundo o relato de Dali, o campo em que trabalhava gerava entre US$ 770 e US$ 924 (valores entre R$ 1224 e R$ 1471, de acordo com a cotação atual), dinheiro que não era repassado aos prisioneiros. Além disso, quando um deles não conseguia cumprir a sua a cota diária de produção, os trabalhadores eram punidos fisicamente, sendo agredidos com canos de plástico.

A prática de venda de gold e de itens por dinheiro real não é nova e chegou a ser retratada no seriado The Big Bang Theory, quando um dos personagens vende uma espada no site de leilão online eBay. Contudo, é difícil saber se a origem de tudo que é vendido pela internet é tão inocente como no seriado, como os eventos na China puderam demonstrar.

Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: