Há muito tempo, histórias de pendrives que poderiam queimar o hardware de seu PC pareciam lendas. Hoje, já sabemos que produtos assim realmente existem, tanto que um conceito de pendrive "assassino" foi apresentado em 2015. Agora, este mesmo pendrive acaba de chegar ao mercado, permitindo que qualquer um o compre.

O USB Killer funciona "fritando" as peças de um gadget simplesmente ao ser conectado na porta USB — ele faz isso ao soltar um choque elétrico que é acumulado com a energia do próprio item em que é conectado. Ao ser "espetado" em um PC, por exemplo, ele pode queimar o processador e a placa-mãe, inutilizando totalmente o computador.

O USB Killer destrói 95% dos gadgets

De acordo com o site oficial, o USB Killer destrói 95% dos gadgets em que é inserido. Entre eles, estão notebooks, computadores de mesa, rádios, televisores e video games, ou seja, qualquer coisa com uma porta USB.

O pessoal do Mashable foi atrás dos inventores para saber mais detalhes e descobriu que a companhia por trás do produto fica em Hong Kong, na China. Além disso, um "porta-voz" do site comentou que essa empresa é especializada em segurança e auditoria de hardware.

USB Killer

Onde vende?

O USB Killer pode ser adquirido no site oficial dos criadores e, junto com ele, é possível comprar um "USB Test Shield", que permite o teste do pendrive assassino para saber se ele realmente está funcionando. Os preços são de US$ 56 (R$ 181) para o pendrive e US$ 16 (R$ 51) para o produto de teste — eles aceitam cartão de crédito e PayPal.

A principal dica para se proteger de um pendrive assassino é a seguinte: não conecte no seu gadget qualquer aparelho em que você não tenha confiança. Obviamente, será bem difícil topar com produtos desse tipo por aqui, mesmo assim tomar cuidado com pendrives é importante para malwares e outros tipos de vírus não serem instalados no seu PC.