No dia 21 de março de 2006, entrava no ar o primeiro tweet da história. A mensagem postada pelo criador da rede social, Jack Dorsey, dizia apenas “just setting up my twttr” (algo como “criando meu Twitter”). É provável que nem mesmo o criador do sistema imaginasse que o serviço de mensagens curtas pudesse se tornar tão popular no mundo todo.

De lá pra cá, o serviço mudou muito. Passou de uma página em que as pessoas postam suas mensagens para uma rede social mais completa. O Twitter cresceu junto com o público, incorporando as mudanças naturais proporcionadas pelos próprios usuários. Um exemplo disso é o compartilhamento de imagens.

Serviços como o Instagram cresceram com a ajuda da rede social. Além dele, diversos outros sistemas semelhantes surgiram, até que o próprio Twitter decidisse criar o seu próprio serviço para hospedar imagens. Recentemente, a rede também passou a hospedar vídeos através do Vine.

Outro recurso adotado pela rede social é o “Retweet”, que nada mais é que a reprodução de uma mensagem postada por outros usuários na rede social. Como muita gente passou a fazer isso manualmente, o Twitter tratou de implementar uma ferramenta oficial para isso, mostrando que pode aprender com o público.

Sistemas de segurança

Assim como todos os serviços que crescem na internet, o Twitter também foi alvo de hackers que tentaram invadir os seus servidores para roubar senhas e dados de usuários. Felizmente, a empresa investe pesado em sistemas de segurança e consegue evitar grandes catástrofes a tempo.

No início deste ano, cerca de 250 mil contas foram comprometidas depois que um grupo de criminosos investiu contra a rede social. Felizmente, a equipe de segurança conteve o vazamento de informações a tempo, mas tratou de melhorar os sistemas de segurança para evitar que um caso como esse volte a se repetir.

O Twitter caiu no gosto dos famosos

Com o passar do tempo, o Twitter caiu no gosto dos famosos. Grandes personalidades da mídia passaram a compartilhar suas intimidades e participar de discussões diretamente com os fãs na rede social.

Um exemplo disso é o ator Ashton Kutcher (@aplusk) que, no início de 2009, entrou em uma disputa com a rede de televisão CNN para ver quem conseguiria ser o primeiro perfil a ter 1 milhão de seguidores. O ator venceu.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama (@BarackObama), também se tornou famoso na rede social por utilizar frequentemente o serviço, inclusive por postar uma mensagem que foi a mais retwittada da história quando venceu a reeleição para presidente.

No Brasil, os famosos também aderiram ao Twitter. Quem estava por lá em 2009 deve se lembrar de Xuxa (@xuxameneghel) e “O SEU JEITINHO”. Outra personalidade brasileira que surpreendeu a todos com o seu carisma na rede social foi o apresentador do Jornal Nacional, Willian Bonner (@realwbonner), com seus milhões de “sobrinhos” (como ele chama os seus seguidores).

No início de 2010, o Twitter recebeu a primeira mensagem vinda diretamente do espaço, postada pelo astronauta Timothy Creamer (@Astro_TJ) da Estação Espacial Internacional.

No início deste ano, presenciamos mais um momento interessante: o astronauta Chris Hadfield (@Cmdr_Hadfield) postou uma mensagem da Estação Espacial Internacional e foi respondido pelo ator William Shatner (@WilliamShatner):

“Vocês estão twittando do espaço?”

O astronauta respondeu com estilo:

“Sim, órbita padrão Capitão. E nós estamos detectando sinais de vida na superfície” (em referência ao eterno Capitão Kirk, de “Jornada nas Estrelas”, interpretado por William Shatner).

(Fonte da imagem: Twitter Blog)

A participação de tantos famosos na rede social também rendeu a criação de muitas contas falsas. Para evitar esse tipo de situação, a rede social desenvolveu um sistema para a verificação de identidade, dando um selo de autenticidade para as personalidades que estavam sofrendo com o problema.

Cobertura em tempo real

Com o Twitter, o mundo passou a ter milhões de jornalistas. A facilidade de se compartilhar mensagens de praticamente qualquer dispositivo móvel nos proporcionou imagens impressionantes e em tempo real de desastres como o tsunami ocorrido no Japão em 2011.

Um caso curioso é de um homem que twittou sem querer a operação que resultou na captura de Osama Bin Laden:

(Fonte da imagem: Reprodução/BBC)

A Copa do Mundo de 2010 e a Olimpíada de Londres em 2012 receberam a maior cobertura de todos os tempos com os próprios atletas postando mensagens e imagens em tempo real dos acontecimentos. Acidentes de trânsito, desastres e eventos importantes: o Twitter mudou completamente o modo como as notícias são transportadas.

Através das hashtags (palavras postadas com # antes), tornou-se possível filtrar os assuntos discutidos no momento, permitindo que seja mais fácil encontrar comentários sobre algum evento específico.

200 milhões de membros

A rede social conta hoje com mais de 200 milhões de membros ativos, sendo que juntos eles postam mais de 400 milhões de mensagens todos os dias. Possivelmente muito mais do que os criadores sequer imaginaram no longínquo ano de 2006.

Depois de todo esse tempo, o Twitter cresceu e se tornou uma grande praça mundial. Um lugar público para debates e discussões — o melhor lugar para se ouvir as últimas notícias e para se debater as novidades sem fronteiras e sem limites. O Twitter é um lugar só, em que todos podem ter voz.

E que venham os próximos sete anos!

Você se lembra de algum momento marcante do Twitter? Compartilhe as suas experiências nos comentários!

Cupons de desconto TecMundo: