O Vine foi encerrado faz algum tempo, contudo, os seus dados continuam com por ali — e o pior, expostos. O Twitter que comprou o Vine, então, nada mais justo que a companhia venha a público informar os ex-usuários da rede social de vídeos curtos sobre essa exposição de dados.

Em comunicado via email, o Twitter avisou sobre um bug permitindo que empresas terceiras acessem endereços de email e números de telefone registrados em contas no Vine. Caso você tenha utilizado o app e tenha recebido o email, provavelmente os seus dados foram expostos.

Para combater isso, o Twitter apenas alertou que as pessoas fiquem ligados em atividades suspeitas e tentativas de phishing em email e SMS.

"Queremos deixar claro que essa informação não pode ser diretamente acessada pela sua conta, e nós não possuímos informações sobre o mau uso de dados. Além disso, lidamos com esses incidentes de maneira séria, e pedimos desculpas pelo ocorrido", disse a companhia.