Depois de horas pesquisando as melhores configurações para suas necessidades e procurando os melhores preços, enfim chega o dia: você finalmente está com seu computador em mãos. Só ligar e sair usando, certo? Bom, na verdade não é bem assim. Para garantir sua segurança online e boa performance, existem diversos pontos críticos que precisam de atenção. Pode parecer um longo caminho mas com certeza o ajudará a manter seu computador melhor por mais tempo e sua vida digital mais protegida.

Vamos ao passo a passo.

1. Instale as atualizações do Windows

Todos que já tiveram um desktop ou notebook Windows já se depararam com alguma atualização do sistema operacional. Apesar de não ser exatamente empolgante, elas são necessárias pelos motivos clássicos já conhecidos – aumentar segurança e desempenho, além de, algumas vezes, instalar novas funcionalidades. Se o seu computador não for a última versão de um determinado modelo, possivelmente você levará mais tempo para que todas as atualizações sejam concluídas.

No Menu Iniciar, vá em Configurações - Atualização e segurança - Windows Update - Verificar se há atualizações. Não hesite em instalar as atualizações rececentes. Quando terminar, repita o processo até que não exista mais nenhuma atualização pendente. Sempre que o Windows mencionar novas atualizações, instale assim que possível.

2. Instale seu navegador favorito

É muito desagradável entrar na internet por um browser desconhecido. O Microsoft Edge tem sido muito elogiado pela mídia e é realmente bom, mas nem sempre parece a melhor solução pra quem já se acostumou com outros navegadores. Opções mais populares como o Chrome ou o Firefox são fáceis de baixar e de usar. Existem diversas outras opções disponíveis como o Opera, Safari entre outros. O importante é usar um navegador que você se sinta confortável.

Faça download do Google Chrome, do Mozilla Firefox e do Opera clicando sobre o nome de cada. O Edge, por padrão, já vem instalado com o Windows e substitui o famigerado Internet Explorer.

3. Proteja-se contra malwares 

As novas versões do Windows possuem o Windows Defender instalado por padrão. Apesar de não ser o melhor antivírus no mercado, ele também está longe de ser o pior. Ele é fácil de usar e não exige muito do seu computador. Se o WD for a sua escolha, certifique-se que ele esteja ativado em Configurações - Windows Defender.

Se você prefere garantir uma proteção mais completa, pesquise sobre os melhores antivírus do mercado e baixe a solução mais adequado para você. Veja aqui diversos softwares de proteção para facilitar seu trabalho.

4. Remova os programas indesejados

Mesmo novos PCs vem com um enorme número de softwares pré-instalados, também conhecidos como bloatwares. Grandes marcas embarcam programas próprios ou de parceiras junto com o sistema operacional. Os bloatwares ocupam parte da memória e podem resultar em lentidão na hora de processar as informações. Felizmente, existem programas que removem os softwares indesejados. Um dos representantes nessa área é o PC Decripifier que pode ser baixado aqui.

Outra opção seria reinstalar o Windows, mas exige um maior conhecimento dos processos para que você não perca seus arquivos e chaves de validação dos softwares já instalados.

5. Faça o download dos programas desejados

Após limpar os bloatwares, é hora de instalar os programas que você realmente deseja. Softwares e pacotes como o Office e outros programas desejados podem ser instalados desde que o antivírus já esteja ativo. Mas lembre-se: fique atento na instalação para que novos softwares indesejados não sejam instalados e para que não sejam feitas alterações de preferências, como definição de navegador padrão. Ainda que muitas alterações sejam facilmente desfeitas, elas geram um incômodo desnecessário se a atenção for mantida no momento da instalação.

6. Crie uma imagem de disco ou clone do seu sistema operacional

Após todas essas configurações, correr o risco de perder tudo e recomeçar do zero não é uma opção, certo? Por isso, é interessante que você crie uma imagem de disco ou um clone.

Se você não está familiarizado com os termos, uma breve explicação: um clone é uma cópia exata do seu HD em um outro HD, incluindo arquivos, softwares e tudo mais que estiver instalado ou salvo no PC. O clone consome todo o HD mas, caso necessário, é só plugá-lo para reinstalar tudo o que foi perdido. A imagem de disco é um gigantesco arquivo contendo tudo que está no seu computador. Em caso de um desastre, o backup pela imagem pode demorar um pouco mais, mas permite maior flexibilidade por não exigir um HD exclusivo. Dê uma olhada na seleção de bons programas que podem auxiliá-lo nessa tarefa feita pelo Tecmundo.

7. Outras Dicas

Para melhorar a performance, atualizar os drivers também pode ajudar. Mas a verdade é que não fará uma diferença perceptível para quem só realiza tarefas básicas e usa poucos softwares.

Se você tiver um pouco de paciência, explorar e conhecer os recursos que o próprio Windows oferece pode te poupar tempo no futuro. As novas versões possuem diversas soluções que simplificam várias tarefas e permitem maior integração dos arquivos com a nuvem.

Gostou das dicas? Tem mais alguma sugestão para quem acabou de adquirir seu novo computador? Deixa aqui nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: