Uma pequena companhia de San Jose, na Califórnia, está desenvolvendo um dispositivo capaz de estender a vida útil de uma pilha normal em 800%, segundo seus criadores. Chamado de Batteriser, trata-se de um tipo de capa para a pilha, com apenas um milímetro de espessura e feito de aço inoxidável com circuitos miniaturizados embutidos em sua estrutura.

Mesmo com as baterias recarregáveis disponíveis hoje, as pilhas comuns e alcalinas ainda movimentam um mercado de 14 bilhões de dólares e de cerca de 15 bilhões de unidades consumidas anualmente. Querendo diminuir um pouco esses números, a Batteroo, empresa por trás do projeto, promete disponibilizar a Batteriser comercialmente a partir de setembro, colocando à venda pacotes com quatro unidades pelo preço de US$ 10 (aprox. R$ 31,36).

Bob Roohparvar, professor de ciência da computação da Universidade do Estado da Califórnia em East Bay e co-criador da Batteriser, afirma que as pilhas normalmente têm uma carga inicial de 1,5 volts. Quando esse total diminui para 1,3 volts devido ao uso, a pilha se torna “inutilizável”, mesmo tendo gasto menos de 20% de sua carga total. O que a sua invenção faz é justamente tornar o resto da energia acessível pelo aparelho em questão, estendendo assim a vida útil da pilha em até 800%.

Haverá opções para pilhas de tamanho AAA, AA, C e D.

Cupons de desconto TecMundo: