Hoje começa o torneio de Tênis US Open, em Nova York. Assim, os fãs do esporte estarão com os olhos colados na tela para ver jogadores como Roger Federer, Serena Williams e Novak Djokovic.

No entanto, os executivos da Ralph Lauren não estarão focados nos atletas, mas sim nos meninos que correm atrás das bolinhas (boleiros), pois eles vão vestir camisas com tecnologia para monitorar os seus dados biométricos que foram lançadas pela empresa. Além disso, Marcos Giron esteve com a vestimenta durante o seu treinamento para demonstrá-la.

Funcionamento

A camiseta Polo fabricada pela Ralph Lauren é equipada com sensores para monitorar os sinais de cada boleiro que vesti-la. Criada como parte de um empreendimento com a empresa OMsignal, a camisa parece despretensiosa à primeira vista: é preta, apertada e conta com o símbolo clássico da empresa.

No entanto, entremeados no tecido estão fios revestidos de prata condutora e uma série de sensores que monitoram a respiração, a frequência cardíaca e os níveis de stress dos usuários. Esses dados são recolhidos em uma caixa preta ligada à camisa e podem ser visualizados em um aplicativo de smartphone.

A fabricante de roupas ainda disse que queria fazer algo diferente das empresas de esporte habituais, e também informou que até o final do ano haverá mais camisas com essa tecnologia.

Cupons de desconto TecMundo: