Se ao ler um livro bem envolvente você já sentiu na pele as reações do personagem, com o novo “Sensor de Ficção” projetado pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), é possível vivenciar – literalmente – as situações do protagonista.

Para fazer parte daquele mundo presente no livro, a Designboom desenvolveu um colete composto por sensores, que podem simular a frequência cardíaca, o aquecimento para alterar a temperatura normal da pele, e ainda a alteração de pressão dos airbags que dão a sensação de aperto. 

O objeto é sincronizado com cada página de um livro composto por telas de LED, que representam a iluminação de cada ambiente contado na história. Aliás, a narrativa presente na nova tecnologia é a obra de James Tiptree Jr, “The Girl Who Was Plugged In”.

Se alguns livros já proporcionavam uma relação emocional muito intensa, o colete promete levar a experiência de leitura para um novo patamar, graças aos estímulos externos. Mas não fique tão ansioso: esse projeto é apenas um protótipo e ainda não tem previsão de ser lançado – quem sabe em um futuro não muito distante. Deixe a sua opinião em nossos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: