O conceito de aeroporto futurista criado pelo designer James Datford. (Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

É muito provável que você já tenha visto desenhos animados e outros tipos de histórias antigas em que os anos 2000 eram vistos como um futuro longínquo e cheio de novidades tecnológicas que nós não utilizamos até hoje, não é mesmo? Um bom exemplo disso é toda a história apresentada pelos Jetsons.

Acontece que toda essa empolgação com o surgimento de um novo milênio não se limitou ao campo da ficção. Pensando que em 50 anos as pessoas se locomoveriam utilizando veículos voadores, uma das questões levantadas em diferentes áreas do conhecimento foi: onde as pessoas pousariam e como o trânsito seria?

Pensando grande e para frente

Para responder à primeira parte deste “problema”, um designer londrino chamado James Dartford criou o conceito de um aeroporto urbano e futurista, conhecido apenas como Skyport One. A ideia foi concebida em 1957, época em que o entusiasmo com os anos que estavam por vir realmente atingiu muita gente — e o resultado disso é bacana, como você pode conferir na imagem acima.

Em uma explicação breve, toda a estrutura funcionaria com três torres de mais de 150 metros, posicionadas acima de um prédio comercial, tudo isso em Londres. Dessa maneira, as pessoas podiam pousar usando naves ou carros e ônibus voadores, sendo possível descer através de elevadores e depois acessar as ruas normalmente.

Mais sério do que parece...

Ao contrário do que muita gente pode pensar, o projeto não foi encarado como uma brincadeira. Na verdade, ele foi “encomendado” pelo The Glass Age Development Committe — que, em tradução livre, pode ser chamado de "Comitê do Desenvolvimento da Idade do Vidro". E, como o nome indica, a intenção era a de colocar o vidro como material do futuro para construções.

Contudo, mesmo visando dias que ainda estavam por vir, o Comitê exigiu que o projeto fosse realista. Dessa maneira, Dartford juntou a tecnologia disponível na década de 1950 com o trabalho com vidro. Com isso, a instituição divulgou a sua ideia como algo que poderia ser construído naquela época, fazendo com que o projeto aparecesse em jornais do mundo todo.

Apesar de todo esse esforço, o Skyport One não chegou a sair do papel — mesmo tendo inspirado outros trabalhos, como é o caso dos Jetsons, utilizados como exemplo no começo desta notícia. No entanto, a dúvida que originou toda essa história talvez deva ser discutida novamente, afinal de contas, os carros voadores estão cada vez mais próximos de se tornarem realidade.

Cupons de desconto TecMundo: