(Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

Pesquisadores da Universidade de Tóquio, no Japão, criaram um sistema de câmeras que pode capturar pequenos itens, como bolas, em alta velocidade e grande qualidade, focalizando-os permanentemente no centro da imagem.

O sistema pode transformar o jeito que o público assiste a alguns jogos, como o baseball – esporte bastante popular nas terras nipônicas e nos Estados Unidos.

A tecnologia está em fase de testes, porém parece bastante promissora, principalmente por fornecer imagens de altíssima qualidade e sem perda de quadros por segundo – além disso, os filmes não ficam borrados com a rapidez da filmagem.

Recentemente, os criadores do sistema saíram do laboratório de testes e passaram a experimentar as câmeras em grandes áreas externas. Se as câmeras conseguirem obter um desempenho igual ao dos laboratórios, o sistema poderá ser implementado nas coberturas dos jogos em até dois anos.

Entenda como esse sistema funciona

Uma bola de ping pong foi utilizada como exemplo em alguns filmes de demonstração do processo. O sistema faz uso de um conjunto específico de lentes e de dois espelhos ajustáveis que acompanham o percurso do item selecionado como foco da imagem. Desse modo, não é necessário que as lentes da câmera se movimentem, já que os espelhos seguem o item e transmitem as imagens para o aparelho.

Confira um pequeno filme de demonstração do sistema:

Os espelhos contam com uma configuração bastante potente, capaz de seguir os movimentos da bola sem perdê-la de foco – desde que ela não saia do campo de visão da câmera. É um método de captura bastante interessante para acompanhar jogos que possuem pequenas bolas no campo, fornecendo mais detalhes e ângulos diferentes.

E você, achou interessante esse estilo de captura de imagens?

Cupons de desconto TecMundo: