(Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Quando uma pessoa perde a visão de somente um dos olhos, a sua percepção para enxergar objetos próximos e identificar um cenário em três dimensões fica prejudicada — afinal de contas, o cérebro usa as imagens captadas pelos dois olhos para que a sua visão funcione de maneira eficiente e “completa”.

Para que pessoas que sofrem com esse sintoma possam enxergar em várias perspectivas e de maneira normal, um grupo de cientistas da Universidade de Yamanashi criou um aparelho chamado Mono-glass. Através de câmeras, ele capta as imagens que deveriam ser “coletadas” pelo olho cego e permite que o cérebro trabalhe normalmente.

Recursos "comuns" foram utilizados

O aparelho foi todo montado com recursos que já estão disponíveis no mercado, como câmeras integradas e um modelo de óculos de realidade aumentada chamado Wrap 9220AR. Dessa maneira, o Mono-glass consegue processar as imagens e até mesmo fazer cálculos de distância para que o foco certo possa ser usado e todas as dimensões sejam identificadas.

Infelizmente, o Mono-glass ainda está em fase de desenvolvimento e de melhorias. Os cientistas estão à procura de uma maneira de produzir um aparelho que seja mais fácil de ser usado e transportado. Dessa maneira, só nos resta torcer para que tudo realmente dê certo.

Cupons de desconto TecMundo: