(Fonte da imagem: Reprodução/Success Project)

Quando se fala em radar nós logos imaginamos aquelas antenas gigantescas, capazes de rastrear qualquer coisa no céu. Entretanto, não é preciso ter dispositivos tão grandes para realizar esse tipo de tarefa. Engenheiros da Europa construíram um radar de apenas 8 milímetros quadrados, cujo sistema está totalmente integrado em um chip.

As possibilidades de aplicações do novo dispositivo são muitas, e já há uma lista enorme de indústrias interessadas em adaptar o produto às suas necessidades. Entre as candidatas estão empresas automobilísticas e as fábricas de equipamentos eletrônicos e portáteis.

O radar opera em uma alta frequência, de 120 GHz, que corresponde a um comprimento de onda de 2,5 milímetros. “A principal motivação para o uso de alta frequência é que as antenas podem ser menores”, explica Christoph Scheytt, um dos coordenadores do projeto no Instituto de Tecnologia Karlshure, na Alemanha.

Antenas podem ser menores

Diminuir o tamanho das antenas foi o principal desafio enfrentado pelos engenheiros no processo de miniaturização. Enquanto uma antena de roteador Wi-Fi tem cerca de 10 centímetros, as frequências na faixa dos milímetros usam antenas com tamanhos diminutos.

“A antena propriamente dita é plana, montada sobre um chip e ligada ao circuito por solda”, explica Scheytt. “Isso é completamente diferente de outros sistemas de ondas milimétricas, que normalmente usam enormes antenas feitas de condutores tubulares”, finaliza o engenheiro.

Cupons de desconto TecMundo: