Os hoverboards, pequenos patinetes elétricos que renderam muitas quedas e vídeos divertidos no último ano, acabam de sofrer um revés de peso no Estados Unidos. A Consumer Product Safety Commission (Comissão para a Segurança de Produtos de Consumo)  decretou que meio milhão de brinquedos devem sofrer um recall.

Os produtos afetados podem ser devolvidos e reembolsados integralmente, reparados gratuitamente ou então substituídos por outro modelo considerado seguro. Segundo o órgão norte-americano, a maioria dos exemplares que foram vendidos entre junho de 2015 e maio de 2016 têm problemas em suas baterias de lítio que podem causar explosões e incêndios.

Mais de dez marcas foram notificadas para participar do recall, mas o modelo mais afetado será o Swagway X1, que sozinho responderá por 53,4% das devoluções. Hoverboards piratas de baixa qualidade já estão há algum tempo na mira das autoridades estadunidenses, e apreensões e fiscalizações são comuns.

Em fevereiro deste ano, a comissão de segurança chegou a enviar uma carta a importadores e lojistas dos Estados Unidos pedindo para que os brinquedos não certificados fossem temporariamente removidos de prateleiras até que eles fossem considerados 100% seguros. Apesar dos problemas, os fãs dos hoverboards ainda serão capazes de encontrar alguns modelos seguros em sites como Amazon e Best Buy.

Cupons de desconto TecMundo: