O planeta Terra está sofrendo com a poluição e quase todo mundo já sabe disso. Com o objetivo de amenizar ou resolver esse problema, diversos cientistas e inventores começaram uma jornada para salvar o planeta de diversas maneiras — o que é uma atitude muito louvável e está começando a surtir efeito.

Movidos pela mesma meta de ajudar o mundo, algumas pessoas acabaram tendo ideias completamente bizarras, que dificilmente seriam de grande ajuda. No entanto, elas são tão interessantes que vale a pena conhecê-las.

1. Barcos-academias movidos por humanos

(Fonte da imagem: Reprodução/WebEcoist)

Diversas cidades contam com lagos ou rios dentro do seu território — e, nesses locais, muitas pessoas cuidam do próprio corpo indo para a academia. A proposta dessa ideia é a de juntar esses dois fatores e criar meios de transporte coletivo alternativos que economizem combustível.

As pessoas simplesmente entram na academia — que é uma espécie de barco — e começam a pedalar ou a fazer outros exercícios. Isso gera energia e o veículo vai descendo ou subindo o rio, transportando todo mundo que está dentro dele.

O chato é ter que malhar sempre que você quiser ir até algum lugar.

2. Infectar vacas com bactérias

(Fonte da imagem: Reprodução/WebEcoist)

Já foi comprovado que a flatulência das vacas emite muito metano — ou seja, a grande concentração de gado ajuda a piorar a condição do nosso planeta. E a solução para esse problema pode chegar de uma maneira bem estranha: dos gases dos cangurus.

Cientistas descobriram que a flatulência do animal-símbolo da Austrália é livre de metano, devido a uma bactéria desconhecida. Com isso, eles tiveram a ideia “genial” de infectar todo o gado do planeta para diminuir esses gases poluidores. Eles só não sabem qual micro-organismo é esse e como ele afetaria os animais e os humanos.

3. “Ativar” os vulcões

(Fonte da imagem: Reprodução/WebEcoist)

Em 1991, uma grande erupção do Monte Pinatubo lançou uma quantidade enorme de dióxido de enxofre na atmosfera, o que resultou em um pequeno processo de resfriamento. Por conta disso, alguns estudiosos defendem a ideia de que novas atividades vulcânicas gigantescas podem ajudar a esfriar o nosso planeta.

Agora, só falta saber se vai sobrar gente para ver essa possível melhora...

4. Plantas peludas

(Fonte da imagem: Reprodução/WebEcoist)

Um pesquisador, chamado Christopher Doughty, descobriu que algumas plantas do deserto são peludas, sendo que essa característica repele os raios infravermelhos — ou seja, mandam o calor embora, ajudando a esfriar o planeta. Dessa forma, surgiu o plano de inserir essa flora em diversas cidades e locais.

Acontece que colocar espécies exóticas em outras regiões pode agredir a natureza de uma maneira sem precedentes. Além disso, este tipo de planta acumula água, o que contribuiria para que houvesse menos chuvas no futuro.

5. Satélites e energia solar

(Fonte da imagem: Reprodução/WebEcoist)

Com o objetivo de economizar energia, estudiosos japoneses construíram satélites que recolhem energia solar no espaço e a mandam de volta para a terra. A ideia parece ser genial, mas ela tem um grande problema: o feixe de energia pode se perder e fritar algum inocente na rua.

Os cientistas estão trabalhando para resolver esse possível defeito, mas nenhum avanço significativo foi alcançado — o que é uma pena, pois seria muito chato não poder andar pelas ruas sem se proteger.

....

Apesar de essas ideias apresentarem alguns defeitos, diversas pessoas responsáveis e empenhadas estão trabalhando em projetos reais e que podem surtir efeitos muito positivos. No entanto, é importante que cada um faça a sua parte, começando a separar o lixo ou economizando água — afinal de contas, só temos um planeta para usar. 

Fonte: WebEcoist