Ontem (17) o mundo foi palco de mais uma tragédia envolvendo aviões. O voo MH17, da Malaysia Airlines foi atingido por um míssil SAM enquanto sobrevoava uma região de conflitos na Ucrânia, matando todas as 298 pessoas a bordo. A aeronave ia de Amsterdam, na Holanda, para Kuala Lumpur, na Malásia.

Apesar de ainda não ser possível identificar os culpados pela tragédia, especialistas afirmam que o tipo de míssil que atingiu o MH17 é do modelo BUK-SA 11, desenvolvido na União Soviética.

Esse tipo de míssil é capaz de voar a uma velocidade de quase 4 mil km/h a uma altitude superior aos 20 mil metros, sendo que o Boeing 777 atingido voava a uma altitude de aproximadamente 10 mil metros, a 1 mil km/h quando foi atingido.

De acordo com informações recentes, o ataque partiu de separatistas pró-Rússia, que acreditaram tratar-se de uma aeronave militar.

Cupons de desconto TecMundo: