O primeiro teste da nova tecnologia de foguetes de longo alcance da Coreia do Norte terminou em decepção para os administradores do país. Segundo informações divulgadas pela CNN, o equipamento simplesmente se desmanchou no ar poucos momentos após seu lançamento, tendo caído no oceano logo em seguida.

Oficiais dos Estados Unidos e das Nações Unidas devem se reunir nesta sexta-feira (13 de abril) para discutir a ação, considerada deplorável e desestabilizadora mesmo que tenha falhado em suas intenções. Existe a preocupação de que o país realize novos testes nucleares ou faça um movimento militar delicado para tentar compensar a situação constrangedora.

Não seria a primeira vez que a nação tomaria atitudes desse tipo. Segundo um oficial do departamento de defesa sul-coreano, há grande probabilidade de que o vizinho faça outra demonstração de seu poderio nuclear muito em breve.

Comemoração com gosto agridoce

O lançamento do foguete havia sido divulgado pela Coreia do Norte como “um feito inspirador e um evento histórico significativo”. Embora os dirigentes do país afirmem que o objetivo do projétil era enviar satélites de observação para a órbita terrestre, os Estados Unidos, a Coreia do Sul e o Japão acreditam que isso era somente um disfarce para encobrir testes balísticos.

(Fonte da imagem: Reprodução/CNN)

 “Cientistas, técnicos e experts estão investigando as causas da falha”, afirmou um comunicado divulgado pela agência oficial de notícias norte-coreana. O evento coincidiu com o centésimo aniversário do falecido líder e fundador do regime comunista local, Kim Il-sung.

Cupons de desconto TecMundo: