De aparelhos que “floparam” a empresas promissoras que perderam espaço no mercado. A seguir, conheça os maiores fracassos da história da tecnologia!
TVs 3D
Inspiradas no cinema, as TVs 3Ds tinham o objetivo de reproduzir uma experiência imersiva. Entretanto, os aparelhos falharam nisso e, aos poucos, as companhias desistiram do recurso.
Samsung Galaxy Note 7
Lançado em 2016, o Galaxy Note 7 era visto como o melhor smartphone já desenvolvido. No entanto, os modelos apresentaram diversos problemas e até pegavam fogo de repente.
Google Glass
Com um conceito que prometia mudar o mundo, o Google Glass não foi bem aceito pelo público. Por possuir uma câmera integrada, ele deixou muitos usuários preocupados com a privacidade.
AltaVista
Um dos primeiros buscadores da internet, o AltaVista preparou o terreno para o Google. Entretanto, ao longo dos anos a má gestão da companhia a fez perder o espaço.
MySpace
Em meados dos anos 2000, o MySpace era uma rede social promissora. Contudo, após ser adquirida pela News Corp, ela perdeu fôlego e acabou engolida pelo sucesso do Facebook.
Windows 8
Lançado em 2012, o Windows 8 trouxe grandes mudanças ao sistema. Porém, o visual igual ao dos tablets se mostrou nada funcional nos computadores e frustrou os usuários.
NetScape
Um dos primeiros navegadores de internet, o NetScape chegou a dominar uma grande parte do mercado. No entanto, perdeu espaço com a chegada do Internet Explorer, da Microsoft.
Betamax
Rival do VHS, o Betamax foi um aparelho bem popular nas décadas de 1970 e 1980. Contudo, especialistas acreditam que o preço alto o impediu de ser adotado por mais usuários.
Palm Pilot
Um dos primeiros “computadores móveis”, o Palm Pilot foi um imenso sucesso em 1997. Apesar disso, nunca conquistou o grande público; tornou-se um dispositivo para trabalho.
American OnLine (AOL)
Na virada do milênio, a American OnLine era tão influente quanto Google e Facebook atualmente. Porém, sua falha foi não oferecer serviços gratuitos como os concorrentes.
BlackBerry
Visto como o primeiro smartphone, o BlackBerry permitia que o usuário estivesse sempre “online”. Infelizmente, a marca não seguiu inovando e logo foi “substituída” pelos iPhones.
Napster
Nos anos 2000, o Napster ajudou a popularizar o compartilhamento de arquivos na internet. No entanto, ao assumir a postura de um serviço de assinatura, a companhia quase foi à falência.
Então, esses foram os maiores fracassos da história da tecnologia. Você chegou a conhecer ou utilizar algum deles?

Para mais notícias sobre tecnologia, acesse o TecMundo!