O anúncio de que a Valve iria lançar uma máquina exclusiva para jogos pegou o público de surpresa. Em pouco tempo, todo o mundo criou uma enorme expectativa sobre a plataforma, que foi dividida em três partes: Steam OS, o sistema operacional, Steam Machine, o computador em si, e o Steam Controller, o joystick.

Durante a CES 2014, a Valve exibiu uma série de Steam Machines em seu estande. Além disso, também foi possível conferir o controle de perto. Infelizmente, a Valve não permitiu que nenhum jornalista ligasse o controle para testá-lo em jogos — segundo a empresa, os joysticks ainda são apenas protótipos.

O formato do controle lembra bastante um dispositivo tradicional. A principal diferença está nos dois direcionais: a Valve optou por substituir os tradicionais analógicos por touchpads hápticos, ou seja, você sente onde está pressionando.

À primeira vista, isso pode parecer bastante estranho, mas ao pegar o controle na mão pudemos perceber que o formato dos touchpads ajuda os dedos a ficarem posicionados no lugar certo. Esse formato foi escolhido para simular com mais precisão o controle de um mouse nos jogos — algo que os joysticks tradicionais nem sempre conseguem fazer.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Os botões principais ficam na parte da frente: são três na parte de baixo e mais quatro ao lado dos dois touchpads (dois de cada lado). Na parte central também encontramos quatro botões, mas apenas nesse protótipo, já que a versão final terá um display OLED no lugar.

A parte de trás do controle é parecida com a do PlayStation 4, com dois botões principais e dois gatilhos que parecem ser analógicos. Outro diferencial deste joystick está na parte de baixo: dois botões grandes ficam posicionados estrategicamente para aproveitar os dedos que seguram o controle.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

A construção do joystick é bastante simples, mas, como dissemos anteriormente, trata-se apenas de um protótipo. De acordo com o pessoal da Valve, o produto final terá um acabamento muito melhor que esse.

Cupons de desconto TecMundo: