Levar Total War: Rome II para o SteamOS pode não estar muito longe da realidade. Depois de elogiar o Steam Controller, o diretor da Creative Assembly, Rob Bartholomew, comentou para a PCGamesN a confiança da empresa em levar o game para o sistema operacional do Steam.

“Já o adaptamos para o Mac, então estamos acostumados a levar Total War para outros sistemas operacionais”, confirmou o diretor. Bartholomew constatou ainda que a equipe do Steam está regularmente aberta para o estúdio, ressaltando que uma versão específica para o SteamOS poderá trabalhar com todas as possibilidades criadas pelo sistema operacional da Valve.

O tempo para a adaptação, porém, é indefinido. O sucesso de Total War: Rome II será analisado antes que novos games da franquia entrem no catálogo da plataforma digital – o que não é difícil, já que a série vendeu 2 milhões de jogos no ano passado.

A animada perspectiva do diretor

“O melhor do Steam para os desenvolvedores é que ele mantém títulos que não estão mais nas prateleiras”, destaca o diretor da Creative Assembly, citando o exemplo do game de 2006, Medieval 2: Total War.

Bartholomew ainda se diz “emocionado” pela perspectiva do SteamOS. Mesmo que a série Total War seja mais voltada ao desktop do que os títulos de FPS, a franquia leva algo a mais para o jogador. “Algo como Rome II não está fora da profundidade de qualquer tipo de ambiente do Steam”, destaca por fim o representante da Creative Assembly.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: