No estado americano do Colorado, a polícia havia parado em um beco sem saída depois que Brittany M. Nunn fugiu de casa com o marido, Peter D. Barr, e levou consigo as duas filhas que ela teve em relacionamentos anteriores. Ela havia perdido a guarda legal das duas crianças para os pais biológicos de cada uma.

Depois de meses sem nenhuma pista, um dos investigadores do caso teve uma ideia brilhante e solicitou um mandado de busca para os serviços de streaming que Brittany costumava assinar. A polícia descobriu que as contas do Spotify e do Netflix em nome da fugitiva estavam sendo usadas em um endereço, na cidade mexicana de Cabo San Lucas.

Após confirmar que uma entrega no nome da mulher também foi enviada para o mesmo local, agentes federais americanos entraram em contato com a embaixada do México, que conduziu uma operação para prender o casal e resgatar as crianças. Sete meses após o rapto, os pais das duas meninas finalmente puderam levá-las para casa. Nunn e Barr responderão processos por evasão de fronteiras para evitar processos criminais e crime de violação de custódia legal.

Peter David Barr Sr. e Brittany Morgan Nunn

Cupons de desconto TecMundo: