Há algum tempo, nós testamos o Sony Xperia T2 Ultra e ficamos interessados na ideia da fabricante em apostar no mercado de phablets, mas parece que os planos dela não são de manter as telas desses aparelhos tão grandes.

Desta vez, a companhia nos enviou o smartphone Xperia T3 para conferirmos de perto as novidades. Assim como o antecessor, o novo modelo é focado no consumidor que busca um dispositivo com design atraente e configurações intermediárias.

Vamos averiguar de perto quais foram as melhorias e as alterações que a Sony fez em seu mais novo aparelho Android. Como de praxe, antes de qualquer coisa, vale visualizar as especificações e os benchmarks antes de partirmos para os detalhes da análise.

Especificações

Resultados de benchmarks

Visual impressionante

Smartphones de linhas intermediárias costumam ser bonitos e ter boa qualidade de construção, mas é de ficar abismado ao ver como a Sony foi meticulosa nesse sentido com o Xperia T3. O aparelho é ainda mais bonito que o antecessor e mais parece um dispositivo de alto desempenho.

Além de ser muito leve (são menos de 150 g), este celular é extremamente fino. Todo mundo que vê o produto de perto fica impressionado com as medidas. A aparência frontal também faz toda diferença. A tela de 5,3 polegadas fica bem acomodada, sobrando apenas o espaço para segurar o smartphone na horizontal sem que os dedos fiquem em cima do conteúdo.

A traseira emborrachada dá segurança na pegada e combina perfeitamente com o todo. A logo da Sony centralizada chama a atenção, já que os demais elementos na parte de trás são discretos. A câmera fica bem pouco saliente, evitando desníveis quando o smartphone é colocado sobre um local plano.

As laterais prateadas garantem maior resistência e disfarçam bem os botões e os espaços para inserir o cartão SIM e o cabo USB. A tampa traseira não pode ser removida, o que serve para reduzir as medidas. Apesar de, por um lado, tal característica ser interessante, por outro, o usuário leva a desvantagem de não ter acesso à bateria (algo que muitos julgam essencial).

Tela e hardware razoáveis

Conforme comentado anteriormente, a tela do Xperia T3 reduziu um pouco de tamanho se comparada à do T2. Todavia, as demais características foram mantidas. A resolução é HD (1280x720 pixels), o que muitos podem achar pouco, mas não é exagero dizer que a qualidade de imagem é boa.

Justamente por conta da redução no tamanho, o display do Xperia T3 acaba tendo melhor definição. O visor ainda conta com a tecnologia Triluminos da Sony, a qual tem cores vibrantes e não apresenta distorções mesmo quando a tela está bem de lado. O display responde muito bem aos comandos de toque, mas só suporta 4 toques simultaneamente.

A configuração de hardware não é tão impressionante e quem tem um Xperia T2 não tem motivos para adquirir o novo modelo da linha, já que só o processador é um pouco melhor. Os demais componentes, como a memória RAM e o chip gráfico, são idênticos. De qualquer forma, o novo aparelho da Sony não apresenta problemas na maioria dos apps.

Os jogos rodam muito bem e o aparelho responde bem aos comandos de toque. Dá pra curtir os games mais recentes com alta qualidade e sem notar quedas de desempenho. Nos benchmarks, o Xperia T3 cumpre seu papel, mas não surpreende porque não leva vantagem sobre seu antecessor.

A única coisa que apresenta lentidão mesmo é a câmera. Na hora de registrar as fotos, os cliques demoram um tempinho. Isso é um bocado incômodo, ainda mais quando você quer tirar uma foto de momento e o celular demora para realizar a captura.

Apesar desse inconveniente, a qualidade do sensor e da lente é elevada. As fotos ficam muito nítidas e apresentam balanço de cores bem regulado. O foco automático funciona muito bem e o flash quebra um galho.

Para quem utiliza o celular por muito tempo, é válido ressaltar que, mesmo com WiFi ligado e rodando jogos, o Xperia T3 esquenta muito pouco. Dá pra usar todos os recursos e ficar tranquilo com a temperatura que nem chega a esquentar a mão. A carcaça evita que o calor chegue até as mãos do utilizador. Ponto para a Sony!

Muita energia e som de qualidade

Considerando a tela grande, uma preocupação que muitos podem ter diz respeito à autonomia de bateria. Pois bem, devemos relatar que o componente energético do Xperia T3 superou nossas expectativas e pode ser ideal para quem utiliza muitos apps durante o dia todo.

Rodando uma hora de vídeo via WiFi com o brilho em 50%, o Sony Xperia T3 ainda guarda 88% da carga para outras atividades. Isso significa que, apenas nessa condição de uso, o smartphone consegue gerenciar a energia e entregar até 8 horas de reprodução de vídeo. É impressionante!

Em nosso teste diário, a carga do smartphone durou dois dias seguidos. Utilizando WiFi constantemente e usando um ou outro aplicativo durante a rotina de trabalho. Aparentemente, este smartphone se sai muito melhor do que outros top de linha, o que pode ser um aspecto positivo para quem preza por tal característica.

O som é um show à parte. O nível de volume impressiona e não notamos ruídos na hora de reproduzir músicas com graves reforçados. Para jogar e curtir filmes, o sistema sonoro reforçado é bem bacana.

Vale a pena?

O Xperia T3 é um celular que impressiona, tanto pelo visual quanto pela qualidade. A Sony caprichou em vários aspectos e certamente este modelo é uma ótima opção para quem quer um celular de tela grande.

Se compararmos com o Xperia T2 Ultra, dá pra ver que ele não mudou muita coisa. O hardware é praticamente o mesmo. A câmera do T3 tem menos megapixels, mas também não faz feio. Por outro lado, a redução no tamanho de tela tem melhor definição e o novo processador pode apresentar uma pequena melhora.

As vantagens do T3 ficam mesmo por conta da leveza e do design. Entretanto, considerando o preço de 1.499 reais, talvez este Sony não seja a melhor opção. Há muitos smartphones de configurações mais robustas e com telas enormes que saem por valores muito similares. Basta pesquisar que você encontra o Nexus 5, o LG G2 e outros por menos.

Por ora, este modelo só é vendido pela Claro, tanto em versões com planos pós-pagos (em que há descontos) quanto no pré-pago (em que o produto não tem redução de valor). Talvez no caso de quem use muito o celular e vá pegar um pós, o Xperia T3 acabe compensando. Contudo, acreditamos que este celular só tenha melhor aceitação quando seu valor baixar um pouco.

Cupons de desconto TecMundo: