Um software utilizado pelo governo estadual de Washington, nos EUA, tem calculado erroneamente as reduções penais de presos há 13 anos. Com isso, mais de 3,2 mil condenados foram soltos antes da hora desde que o programa começou a fazer os cálculos sem precisão.

O software em questão era o responsável por aplicar reduções nas penas de prisioneiros por bom comportamento e por outras regalias legais que possibilitavam cortes nas penas. O problema acontecia na hora de aplicar as porcentagens que cada item implicava.

Foi constatado também que o software realizava reduções de forma aleatória para bom comportamento, o que chamou atenção da gestão das prisões da região. Contudo, só foi descoberto o que estava acontecendo quando uma família relatou à justiça que recebeu de volta um preso que saiu muito cedo da cadeia.

Uma correção deveria ter sido aplicada em 2012, mas a atualização do software nunca foi distribuída. A justiça de Washington tenta lidar com o problema e evitar que mais condenados sejam soltos antes da hora.

Cupons de desconto TecMundo: