Já faz algum tempo que o recurso de inteligência artificial conhecido como DeepFake foi apresentado formalmente por pesquisadores acadêmicos, mas logo que os algoritmos foram publicados no Reddit, a primeira coisa que os internautas fizeram foi colocar rostos de celebridades famosas em vídeos pornô. Agora a tecnologia está sendo usada legitimamente em um videoclipe de Charli XCX.

No vídeo “1999”, a cantora faz uma parceria com Troye Sivan e tem seu rosto replicado na cara de várias dançarinas. Elas imitam a coreografia das Spice Girls, fenômeno dos anos 1990. O mais curioso é que todas elas possuem o mesmo rosto, mas as expressões foram todas reconstruídas por meio do DeepFake.

Sivan também teve seu rosto aplicado às faces de dançarinos, mas, dessa vez, o grupo formava uma releitura dos Backstreet Boys.

O diretor do videoclipe, Ryan Staake, conversou com o The Verge sobre o uso de IA nesse projeto. Curiosamente, a tecnologia não apenas foi utilizada por curiosidade, mas também para poupar tempo.

Começamos a brincar com a bizarrice e com a estética do DeepFake

“Quando começamos a pensar na complexidade de colocar e tirar eles dos vários figurinos e da maquiagem para cada um dos personagens, notamos que levaria cinco vezes mais tempo”, revelou Staake. “Portanto, de certa forma foi uma solução pragmática. Mas aí, começamos a brincar com a bizarrice e com a estética do DeepFake”, completou.

No fim das contas, o uso de IA deixou o vídeo mais autêntico, com um estilo mais “brega”, bem a cara dos anos 1990. Junto com isso, o time de Staake encheu o vídeo de referências à essa década. Além das Spice Girls e dos Backstreet Boys, temos recriações de cenas de Titanic, Matrix, Beleza Americana e também de vários anúncios de TV.

Charli XCXNote que todas as dançarinas têm o mesmo rosto (fonte: The Verge)

O DeepFake ficou conhecido globalmente apenas como uma ferramenta para inserir a cara de famosos em rostos de atores e atrizes pornô, mas autoridades temiam que a tecnologia poderia dar um gás na disseminação de Fake News, agora com vídeos de pessoas públicas falando mentiras.

Charli XCXFoto das gravações em que dançarinas, ainda com seus rostos originais, replicam coreografia com a cantora no centro (fonte: The Verge)

Só que o clipe “1999” mostra que talvez a melhor aplica seja a comercial, na qual é possível economizar tempo e dinheiro para criar vídeos divertidos como o de Charli XCX.