Lançado no final de setembro, o MacOS High Sierra traz algumas funcionalidades que podem ser de grande ajuda para otimizar tempo e dar mais agilidade ao seu dia, especialmente para quem costuma utilizar vários dispositivos ao longo do dia e acaba tendo que incluir a mesma informação em aparelhos diferentes.

Separamos 5 que valem a pena conhecer e testar; confira:

1– Melhorias no modo de leitura

Safari possui um recurso que faz mudanças no layout de páginas na web para facilitar a leitura, retirando as imagens e aumentando o tamanho das letras. Com a atualização, agora também é possível configurar o navegador Safari para já abrir no modo de leitura os sites que você deseja.

O passo a passo para habilitar essa configuração é bem simples: basta clicar com o botão direito no ícone do Reader (que fica no canto superior direito do navegador) e selecionar "Usar o Reader automaticamente em www.xxxx.com.br". 

 

Para configurar todos os sites no modo leitura, vá em Preferências > Websites > Reader e ative a opção "Ao visitar outros sites". 

2 – Personalize comandos nos sites que você mais acessa

Agora você pode aplicar alguns ajustes individuais nos endereços visitados com mais frequência. É possível já deixar configurados comandos como: sempre habilitar o modo de leitura, ajustar o nível de zoom da página e autorizar os content blockers  plugins que impedem a visualização de anúncios. 

 

Por último, deixamos o recurso mais legal: gerenciar o uso de vídeos autoplay, aqueles que começam a tocar assim que a página do site que você está visitando é carregada. Se você desejar, pode deixar todos os vídeos no mudo ou nunca os carregar  uma opção bem válida em ambientes de trabalho, por exemplo. 

Para ajustar essa configurações em todos os sites, vá em Preferências > Sites > Auto-Play. Na parte “Ao visitar outros sites”, selecione “Nunca usar o auto-play”. 

3 – Priorizar uma nota 

Um dos hábitos muito comuns de quem usa bastante o computador é espalhar notas e lembretes em diversos arquivos. Agora, é possível usar a seção de notas no sistema para selecionar alguma mais importante e colocá-la no topo da lista, evitando assim correr o risco de perdê-la.

Basta clicar com o botão direito do mouse em qualquer nota e selecionar a opção "Pin Note", que a anotação ficará na parte superior do arquivo. 

4 – Criar tabelas na área de notas 

Essa é para quem deseja se tornar um "Pro" em manusear o software de anotações. Para criar uma tabela, clique no ícone localizado na parte superior do software — e, assim como acontece em outros sistemas, uma tabela estilo 2x2 surgirá. Para customizá-la, clique com o botão direito do mouse nos pequenos botões de menu e adicione mais linhas ou colunas. 

 

É importante mencionar que esse recurso é exclusivo para texto: caso você queira usar fórmulas na planilha, ainda será necessário recorrer ao Numbers ou à versão do Excel para o sistema da Apple. 

5 – Habilitar funções de colaboração com o iCloud Files

Recursos como o Google Drive ou mesmo o Dropbox já mostraram como permitir a múltiplos usuários o acesso a um mesmo documento pode contribuir para a otimização de tempo de um projeto. Com o macOS High Sierra, já é possível ter acesso aos recursos mais básicos de colaboração, como compartilhar arquivos, pastas e mesmo espaço no iCloud. 

Para compartilhar um arquivo, clique com o botão direito no mouse e procure a opção "Compartilhar".  



É possível gerar um link de compartilhamento para ser enviado à pessoa ou encaminhar o convite via email. Também é possível controlar o que cada convidado pode fazer no arquivo, da visualização à edição.



Conhece outro hack de produtividade do High Sierra? Dê a sua contribuição nos comentários!

Cupons de desconto TecMundo: