Este ano foi agitado para os fãs da Apple: além dos lançamentos dos novos iPhones, houve a atualização do iOS 11, que trouxe mudanças como redesenho da Loja, alterações na Central de Controle e, claro, melhorias na Siri. Agora, a assistente virtual do sistema da Apple também está mais esperta e menos robótica.  

Na nova atualização, a Siri aprende as preferências conforme o usuário faz buscas no smartphone e traz sugestões com base nisso. Ou seja, caso você digite um local ou assunto que te interesse, a Siri vai sugerir algo relacionado quando você for digitar uma mensagem ou um email, por exemplo. 

Mesmo assim, pode ser que ela dê algumas escorregadas na hora de reconhecer comandos. Confira algumas dicas para melhorar o reconhecimento da assistente: 

1. Treino e mais treino 

 

Vamos combinar que uma das partes mais práticas dos assistentes virtuais é poder ativá-los apenas com a voz, sem a necessidade de tocar em nada do celular. Porém, se a Siri não reconhece o seu comando “E aí, Siri” ou a sua voz, as coisas podem acabar ficando um pouco mais difíceis do que deveriam. Se você está tendo problemas para que a Siri reconheça sua voz, é melhor começar do zero.  

  • Vá nos “Ajustes” e toque em “Siri e Busca”.

  • Na opção “Ouvir ‘E aí, Siri”, deslize a chave para desativar o recurso e ative-o novamente em seguida. 

2. Corrija se for preciso 

 

Não adianta nada você ensinar a Siri a reconhecer sua voz se você não a corrigir quando cometer algum erro, certo? É verdade que a assistente melhorou bastante na pronúncia de nomes, mas, caso ela diga algo errado, é preciso que você aponte o erro para ela melhorar.  

Assim, se a Siri errou feio na hora de falar o nome daquele jogador de um time estrangeiro, você deve corrigi-la no mesmo instante. Basta dizer à Siri “Aprenda a pronunciar o nome” e, em seguida, o nome desejado. Se mesmo assim ela continuar dizendo errado, insista e diga “Não é assim que você deve falar”. 

A Siri deve pedir desculpas em seguida e perguntar a forma de pronúncia correta. Depois que você falar, serão oferecidas algumas sugestões de pronúncia; é só escolher a que ficar melhor. 

3. Apresente a Siri aos seus apps 

 

Desde o iOS 10, a Apple integrou a Siri com aplicativos de terceiros. Porém, tem um problema: a Siri é bem tímida. Então, para você conseguir pedir um Uber pela assistente, por exemplo, pode ser preciso configurar o app para ser acessado pela Siri. Para isso, basta seguir os seguintes passos: 

  • Toque em “Ajustes” e depoisem “Siri e Busca”.

  • Role a tela para baixo para ver os apps que podem ser utilizados pela assistente.

 

Para saber se eles já estão conectados, toque em cada um e verifique se a chave está ativada. Caso seja a primeira vez que você vá utilizar um app pela Siri, lembre-se que será preciso dar permissão a ela. 

4. Ensine seus endereços a ela 

 

Já pensou em simplesmente dizer para seu iPhone te lembrar de ir ao mercado quando você chegar em casa? Pois é, a Siri pode fazer isso. Porém, é preciso que você ensine a ela onde você mora e trabalha  e, claro, dê a permissão de mostrar a localização. 

Confira: 

  • Abra a sua lista de Contatos.

  • Encontra seu nome.
  • Toque no botão “Editar”, localizado no canto superior direito da tela.

  • Agora, insira o endereço do seu local de trabalho e da sua escola. Você também pode adicionar um nome personalizado.

 

Estamos quase terminando! Agora, é preciso que você dê permissão para que a Siri acesse a localização para criar lembretes.  

  • Vá em “Ajustes” e toque em “Privacidade”.

  • Ative a localização.
  • Depois, role a tela até encontrar os “Lembretes”.

Cupons de desconto TecMundo: