(Fonte da imagem: Thinkstock)

A tecnologia tornou-se uma grande aliada nas relações humanas. Mais do que isso, tratando-se de ferramentas de comunicação online, como o Skype, ela adquiriu importância para determinar o sucesso de certos relacionamentos românticos. Pelo menos é o que afirma uma pesquisa recente feita no Idea Lab, comunidade oficial de usuários do serviço.

As respostas vindas de homens e mulheres nos Estados Unidos e no Reino Unido revelaram que 96% das pessoas que se correspondem à distância acreditam que o Skype reforça a conexão entre eles e seus parceiros ausentes. Além disso, 61% disseram se sentir ainda mais próximos destes parceiros quando se falam através das chamadas de vídeo.

O curioso é que aparentemente não é tão raro que estas conexões sejam feitas de forma pouco convencional. Quase 30% dos entrevistados admitiram já ter feito chamadas de teor “apimentado” através do chat de vídeo e um quinto deles disseram já ter realizado encontros românticos no Skype -- o que seria notável, caso isto envolva, como o conceito sugere, vestir-se para a ocasião, preparar um jantar e colocar uma música apropriada.

Superando a longitude

O programa demonstra ser ainda mais relevante quando 47% destes entrevistados dizem que sem a ferramenta da Microsoft a distância seria um empecilho definitivo para o relacionamento. 

Para alguns, todo este sistema não presencial, tentando emular o calor humano e a interação íntima, pode parecer bastante esquisito, mas é inegável que o método tem funcionado como fator muito positivo no processo de manter milhares de casais unidos mesmo com os obstáculos da ausência física.

Cupons de desconto TecMundo: