(Fonte da imagem: Reprodução/Nota Bene)

O Kaspersky Lab anunciou na última terça-feira (16) que está trabalhando no desenvolvimento de um sistema operacional próprio. Porém, em vez de tentar competir com o Windows, OS X ou Linux, o novo software terá como único objetivo proteger de forma eficiente sistemas de controle industrial.

A novidade deverá fornecer proteção para plantas de transporte, utilidades de infraestrutura, sistemas de comunicação e outras aplicações que envolvam informações confidenciais ou potencialmente perigosas. Segundo a empresa, sua intenção é impedir que pessoas abusem da fragilidades dos sistemas existentes atualmente para provocar alguma espécie de dano.

Sistema blindado

Como exemplo, a Kaspersky cita o caso de um australiano que hackeou o sistema de controle de esgotos de Queensland após ter sido rejeitado em uma entrevista de trabalho, liberando uma verdadeira enchente na cidade. O objetivo da companhia é consertar as vulnerabilidades presentes nessa e em outras infraestruturas essenciais para o funcionamento das sociedades modernas.

(Fonte da imagem: Reprodução/Nota Bene)

O anúncio feito pela organização também esclarece que o novo sistema operacional não poderá ser usado para jogos, tampouco para “tagarelar em redes sociais”. A novidade deve impedir a execução de qualquer espécie de código que não pertença à própria plataforma, evitando assim a instalação de malwares ou invasões.

Até o momento, não foi definida uma data para o lançamento do novo produto, e tudo que se sabe é que a Kaspersky já está conversando com algumas empresas para iniciar os testes do software. Segundo a fabricante de antivírus, a nova plataforma vai estar disponível aos consumidores “quando estiver pronta”.

Fonte: Nota Bene

Cupons de desconto TecMundo: