O olho humano é uma "tecnologia" fantástica, mas já é possível superá-lo por uma grande diferença. Pesquisadores da Universidade de Granada desenvolveram um novo sistema de processamento de imagem capaz de capturar até 12 vezes mais informações sobre cores do que nosso sistema óptico.

Os sensores são chamados de Transverse Field Detectors (TFD) e têm como segredo a capacidade de extrair toda a informação da cor de cada pixel em uma imagem, sem a necessidade de utilizar uma camada de filtro de cor, por exemplo — como acontece nas câmeras digitais atuais. Caso sejam popularizados, eles serão o substituto natural do padrão RGB.

Isso significa que a câmera pode até registrar as cores de forma correta, mas não faz isso de forma natural, mas sim aplicando uma "edição". A ideia aqui é obter o conceito mais puro de
uma fotografia.

O segredo técnico está em utilizar um material que permite aos fótons (partículas de luz) penetrarem em diferentes distâncias e profundidades no sensor, dependendo da energia. Essa penetração é traduzida em tamanho de onda e, finalmente, em diferentes cores. Ao todo, 36 canais de cores podem ser captados ao mesmo tempo pelo TFD.

As aplicações da novidade podem ser na criação de sistemas de direção veicular, identificação de fraudes em documentos ou notas e até maior precisão em diagnósticos por imagem, entre outras utilidades.

Cupons de desconto TecMundo: