A deputada federal Joice Hasselmann (PSL) fez um tweet alertando a Polícia Federal de que a deep web, camada mais profunda da internet, deveria ser investigada. A declaração foi feita após a tragédia em Suzano, que deixou dez mortos, na última quarta-feira (13).

“A tragédia em Suzano mostrou que precisamos investigar a deep web, um território livre. O que falta à PF? Treinamento, equipamento, pessoal?”, escreveu a deputada.

Precisa ser investigado para se verificar se há uma organização criminosa atuando por trás da ação que cometeram

Vale notar que a Polícia Federal e outras autoridades policiais já investigam casos que acontecem na deep web. O principal problema é a facilidade de esconder a identidade dentro de fóruns e sites que rodam em outras camadas da internet, o que dificulta o trabalho policial.

A declaração da deputada surgiu após a descoberta de que os assassinos de Suzano utilizaram fóruns na deep web para enviar mensagens de ódio. O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) até investiga a possibilidade de os assassinos do massacre de Suzano terem obtido informações e conselhos para o planejamento do crime por meio de um fórum nessa camada da internet.

“A gente tem notícia de que os assassinos se comunicavam pela 'deep web' com outras pessoas. Isso, portanto, precisa ser investigado para se verificar se há uma organização criminosa atuando por trás da ação que cometeram”, disse Gianpaolo Smanio, chefe do MP-SP, ao G1. Informações obtidas nos computadores apreendidos nas casas dos criminosos indicam que eles vinham acessando a deep web especificamente para interagir com usuários do fórum. “Muito obrigado pelos conselhos e orientações… esperamos não cometer esse ato em vão”, escreveu um dos assassinos em um tópico da comunidade, segundo o MP-SP.

Cupons de desconto TecMundo: