O The Wall Street Journal sofreu um ataque hacker durante a manhã desta segunda-feira (17). Por meio de um deface no subdomínio do jornal, os hackers deixaram uma mensagem em prol do youtuber PewDiePie, comentando que o WSJ agora “apoia” o youtuber a alcançar mais de 80 milhões de assinantes.

  • Anteriormente, hackers também exploraram impressoras desatualizadas para imprimir mensagens pró-PewDiePie pelo mundo. Saiba mais aqui.

PewDiePie começa a perder terreno no YouTube para o canal T-Series, que atualmente conta com 72 milhões de assinantes. Por isso, muitos fãs do youtuber iniciaram uma campanha para aumentar a base de PewDiePie.

Na mensagem deixada pelos hackers, era encontrado o seguinte texto: “O WallStreet Journal gostaria de se desculpar com o pewdiepie. Devido à deturpação de nossos jornalistas, aqueles que agora foram demitidos, estamos patrocinando pewdiepie para atingir o máximo de assinantes e bater Tseries alcançando 80 milhões”.

defaceDeface

Como nota a Motherboard, “deturpação de nossos jornalistas” deve ter ligação com os casos em que Felix (PewDiePie) foi acusado de ter feito declarações antissemitas. Ao final da mensagem no deface, os hackers ainda escreveram: “Nós também precisamos do número do seu cartão de crédito, prazo de validade e os 3 dígitos sortudos na parte de trás para ganhar o jantar de frango em Fortnite”.

Cupons de desconto TecMundo: