A Operação Luz na Infância, em terceira fase, foi deflagrada na manhã da última quinta-feira (22) pelo Ministério da Segurança Pública. Segundo a EBC, a operação envolve policiais civis de 18 estados e do Distrito Federal (DF) que cumpriram 69 mandados de busca e apreensão. O Corpo de Investigações Judiciais (CIJ) do Ministério Público Fiscal da Cidade Autônoma de Buenos Aires, na Argentina, cumpre simultaneamente no país vizinho 41 mandados de busca.

Mais de 400 abusadores já foram presos desde 2017

Em nota, o Ministério da Segurança Pública afirma que “a operação dá continuidade aos trabalhos de identificação de crimes relacionados ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados no meio cibernético. Os alvos internacionais foram identificados após atuação conjunta entre a Diretoria de Inteligência da Senasp e autoridades policiais da Argentina. As ações simultâneas realizadas no Brasil e na Argentina mobilizam um efetivo aproximado de mil policiais”. Na última quinta-feira, no total, 63 pessoas foram presas em flagrante pelas operações.

Com início em outubro de 2017, a Operação Luz na Infância já cumpriu 157 mandados e prendeu 112 abusadores. A segunda fase aconteceu em maio deste ano, realizando 579 mandados de busca que resultaram na prisão de 251 pessoas.

Cupons de desconto TecMundo: