A cobertura do TecMundo com as melhores promoções da Black Friday começa hoje! Então, fique ligado em nosso hotsite e em nossas lives no YouTube. Vale lembrar que na próxima segunda também acontece o Cyber Monday e, claro, estaremos por aqui também mostrando os melhores preços.

Criminosos também tentam se passar por lojas populares para roubar dados de cartão de crédito

Já que esses dias serão recheados de promoções em tudo que é canto na internet, os cibercriminosos aproveitam essa sensação para espalhar diferentes tipos de golpes. Por isso, o pessoal da Kaspersky reuniu algumas dicas bacanas para você passar os próximos dias sem dor de cabeça — e os próximos também.

Em épocas de compras, um dos pontos mais perigosos se encontra um lojas falsas. O PROCON já divulgou uma lista com diversos domínios para você não comprar nada. Mesmo assim, você precisa ficar atento nos seguintes tópicos:

  • Você nunca ouviu falar da loja
  • A loja depende muito de propaganda;
  • A loja oferece descontos absurdos; como um iPhone novinho por R$ 500

"Criminosos também tentam se passar por lojas populares para roubar dados de cartão de crédito. Então preste bastante atenção na URL. Se for algo como MarcadoLivre.com no lugar de MercadoLivre.com, não faça nada no site, especialmente inserir dados financeiros”, alerta a Kaspersky.

Phishing

O pihshing é o maior perigo nessas datas. Como já comentamos, 30% dos internautas brasileiros sofreram ao menos uma tentativa de golpe em 2017 — 2018 ainda não acabou, mas o índice estava em 23% em agosto.

Então, antes de abrir, tenha certeza de que o remetente é legítimo

Caso você não saiba, phishing é um dos métodos de ataque mais antigos, já que "metade do trabalho" é enganar o usuário de computador ou smartphone. Como uma "pescaria", o cibercriminoso envia um texto indicando que você ganhou algum prêmio ou dinheiro (ou está devendo algum valor) e, normalmente, um link acompanhante para você resolver a situação. O phishing também pode ser caracterizado como sites falsos que pedem dados de visitantes. A armadilha acontece quando você entra nesse link e insere os seus dados sensíveis — normalmente, há um site falso do banco/ecommerce para ludibriar a vítima —, como nome completo, telefone, CPF e números de contas bancárias.

“O phishing depende muito de engenharia social e para ela funcionar, depende da sua vontade de ter algo ou de estar acostumado a algo. Então, se você pediu um monte de coisas e está só esperando os pacotes aparecerem – como muita gente nessa época – um e-mail “Informações sobre seu pedido” ou “Confirmação de entrega” pode até parecer legítimo, e importante o suficiente para que você o abra, baixe um anexo ou clique em um link”, explica a Kaspersky. “Esse cenário simples é a essência dos golpes de engenharia social envolvendo compras de fim de ano. O e-mail não é necessariamente legítimo. Pode ser enviado por criminosos que estão tentando te atrair para baixar malwares como banking Trojans ou ransomware, ou fazê-lo enviar seus dados pessoais. Então, antes de abrir, tenha certeza de que o remetente é legítimo”.

Outras dicas para esta data envolvem:

  • Recebeu mensagem de compra vinda do banco? Procure o site oficial e entre em contato com o banco. Não ligue para o número fornecido pela mensagem
  • Não clique em links suspeitos, mesmo que amigos enviem – podem levá-lo a malwares
  • Sempre confirme se páginas online, cartas e mensagens de texto são verdadeiras
  • Vá atrás de uma solução de segurança, o mercado está recheado delas

Cupons de desconto TecMundo: