Segundo um estudo da University of Michigan Medical School, dos Estados Unidos, os aplicativos voltados para crianças estão recheados de propagandas. Infelizmente, uma boa parte do público, por conta da idade, não sabe diferenciar o que é jogo e o que é anúncio.

Após analisar 135 aplicativos populares voltados para crianças de até cinco anos, foi descoberto que 95% deles ofereceria ao menos uma opção de propaganda.

Manipuladoras e enganosas: foi assim que o estudo descreveu as propagandas

Manipuladoras e enganosas: foi assim que o estudo descreveu as propagandas. Esses anúncios, diz o estudo, apareceu em formas de compras dentro do app, vídeos que interrompem a jogatina, avisos de compartilhamento em redes sociais e até propagandas escondidas em símbolos e personagens.

De acordo com o pediatra Dr. Jenny Radesky, envolvido com a pesquisa, “sabe-se que as crianças desenvolvem relações parassociais confiantes e emocionais com os personagens da mídia e prestam mais atenção e aprendem melhor com os caracteres familiares”. Por isso, usar os personagens em anúncios é um mau uso de relacionamentos parassociais. “Crianças de todas as origens socioeconômicas merecem acesso a mídia de qualidade que não esteja saturada de marketing ou design persuasivo”, diz a pesquisa.

Cupons de desconto TecMundo: