As notícias falsas já foram compartilhadas por 33% dos brasileiros que, ao enviarem para outras pessoas, não sabiam que a informação não era verdadeira. A startup especializada em pesquisas digitais MindMiners descobriu o dado em estudo que buscava entender como os brasileiros enxergam a questão da privacidade de dados.

A pesquisa contou com 1 mil participantes de todo o Brasil

No tópico sobre notícias falsas, 83% dos pesquisados responderam que utilizam as redes sociais como fonte de informação. Dentro desse número, 49% confirmaram que nem sempre sabem identificar o que é falso ou verdadeiro, e 33% já compartilharam fake news.

“Outro ponto alarmante desse estudo são as questões da privacidade de dados: 62% dos respondentes disseram que se preocupam com a segurança de dados, mas, em contrapartida, mais da metade dos entrevistados não se importariam em compartilhar seus dados se soubessem que estariam beneficiando outras pessoas”, afirmou a MindMiners.

A pesquisa contou com 1 mil participantes de todo o Brasil. Entre as preocupações dos entrevistados, está em primeiro lugar o “compartilhamento de dados de localização/moradia, trajeto percorrido diariamente e informações bancárias”.

pesquisaFake News

Cupons de desconto TecMundo: