A Amazon está investigando a possibilidade de funcionários terem recebido suborno para vazar dados sensíveis da empresa para a concorrência, afirma o Wall Street Journal. Entre as informações possivelmente vazadas, está a otimização de dados para busca para vendedores independentes.

A prática acontece com mais frequência na China, com funcionários vazando informações na rede social WeChat

O jornal também afirma que funcionários estão oferecendo a possibilidade de apagar reviews negativos sobre produtos por uma taxa extra. Sobre o caso, um porta-voz da Amazon confirmou a investigação: “Mantemos nossos funcionários sob um alto padrão ético e qualquer pessoa que viole nosso Código enfrentará a disciplina, incluindo demissão e potenciais penalidades legais e criminais”.

Ao que parece, a prática acontece com mais frequência na China, com funcionários vazando informações na rede social WeChat. “Temos tolerância zero para o abuso de nossos sistemas e, se encontrarmos agentes mal-intencionados que se envolveram nesse comportamento, tomaremos medidas rápidas contra eles, inclusive rescindir suas contas de vendas, excluir revisões, reter fundos e tomar medidas legais”, afirma a Amazon.

Cupons de desconto TecMundo: