O site do Partido Republicano Progressista (PRP) foi atacado na tarde desta terça-feira (11) e sofreu uma alteração na aparência de um subdomínio. Assinado pelos hackers Marsterofdreams e Morpheus, o deface ataca principalmente o candidato do PRP ao governo do estado do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho.

A Justiça entende que Garotinho desviou R$ 234 milhões da Secretaria de Saúde do Rio entre os anos de 2005 e 2006

No deface, os hackers fazem uma saudação ao juiz Sérgio Moro, conhecido pelo trabalho na Operação Lava Jato e pela presença em jornais e colunas sociais de revistas. No deface, os atacantes ainda divulgam os dados pessoais de Anthony Garotinho, como nome completo, CPF, RG, data de nascimento e número de registro no Detran.

Abaixo dos dados, a seguinte frase foi colocada: “Palavras do calhorda: Não sou considerado ficha suja, não houve enriquecimento ilícito, isso tá dito na própria sentença”, para depois completarem com “Você foi Hackeado! Não vamos sossegar! Nós somos uma legião! Nós somos o POVO”.

O TRE havia barrado a candidatura de Garotinho na quinta-feira passada (11). A Justiça entendeu que Garotinho desviou R$ 234 milhões da Secretaria de Saúde do Rio entre os anos de 2005 e 2006, quando sua mulher Rosinha Matheus era a governadora. A condenação diz que ele cometeu ato de improbidade administrativa com lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito de terceiros, nota o UOL.

prpPRP deface

Como fazer denúncias ao TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: